A Menina que roubava Livros





A história acontece na Alemanha no periodo entre 1939 a 1943, periodo de guerras, e quem governava era o Führer Adolf Hitler.
    A menina roubadora de livros chama - se Liesel Meminger, seu irmão Werner, morre em seus braços.  No enterro de seu irmão acontece o primeiro roubo, o livro é O manual do coveiro, ela o guarda consigo mesmo sem saber ler, marcando seu primeiro encontro com a morte e a recordação de seu irmão.
    Sua mãe era comunista, e por não ter condições de criá - la a entrega a um casal Hans Hubermann e Rosa Hubermann, também uma família pobre, onde passam por necessidades. Ele é um pintor desempregado e Rosa uma dona de casa um tanto rabugenta, e lavava roupas para o sustento. É nesta realidade, na rua Himmel ( em alemão significa"céu") onde acontece o desenrolar dessa história.
   É no meio de tudo isso que a meninna Liesel tem que viver, nesta realidade dura, nas dificuldades, na falta de comida e na conquista do afeto com os novos pais.
   Hans ao descobrir que Liesel tem um livro e não sabe ler, começa a ensiná - la. Todas as noites, juntos aos poucos eles começam a ler o manual do coveiro. É assim que aos poucos a roubadora de livros vai aperfeiçoando sua leitura e criando amor pelos livros, pela leitura e um dia após o outro ela começa a roubar outros livros e ficava com um peso na consciência, algo de quem rouba.

Pessoas importantes na vida de Liesel Memimger:


*Max Vanderbur, um judeu que seu pai adotivo por ter uma dívida com ele, obriga - se a abrigá - lo no porão da casa e Liesel torna - se amiga deste homem.  não podendo falar para ninguém da existência dele no porão senão poderiam ser castigados.
*Rudy Steiner, seu amigo e namorado, é com ele que ela vive vários momentos importantes de sua vida como jogos de bola, roubos de comida e até mesmo roubos de livros.
*A esposa do Prefeito, ela demorou para descobrir que ela era sua amiga.


Achei muito interessante a parte da história, a relação de Adorei  na história, quando conta a relação de Liesel com a esposa do prefeito. Ela mostra para Liesel a sua biblioteca, ela fica deslumbrada com a quantidade de livros, ela quer ver, sentir, olhar, pegar.  
(Nesta parte eu me vi na história, pois eu adoro conhecer novas bibliotecas, livrarias, cebos e ainda tocar, sentir, cheirar, passar os dedos nas letras em relevo na capa do livro, amo! A capa, a ilustração, tudo me chama atenção do livro e por fim presto atenção no assunto, tipo de literatura).
   E assim, a cada vez pegava um livro emprestado. Logo Liesel começa a roubar, o que ela não desconfiava é que a mulher do prefeito sabia dos roubos e numa carta a revela.

Alguns pontos do livro que julgo importantes:

Liesel, uma criança que passa por momentos tristes, mortes, perdas, dificuldades;
Família adotiva, conquista de afeto, do espaço, amigos;
Amizade com Rudy Steiner;
Aprendendo a ler com Hans Hubermann;
Toda a situação de guerra, o nazismo, os judeus, protegidos dos bonbardeios no porão do vizinho e o amigo judeu escondido no porão da casa dos Hubermann;
Leituras no porão, a magia da leitura trazendo mudanças para a realidade;
Roubo de livros, como se suprise tudo o que a menina sentia, lhe trazendo felicidade e ao mesmo tempo sentimento de culpa pelo roubo, medo de ter sido vista;
Roubo de comida com seu amigo Rudy;
Perdas e mais perdas;
Salva pela leitura;
A morte;

    Ao longo da leitura você vai desconbrindo quem é o narrador da história, confesso que eu demorei um pouco para percer e até reli algumas partes para ficar claro. Até porque eu não sabia nada do livro e não tinha lido nada sobre ele.
   
 Como explicar os roubos de Liesel Memimger? o que isso significava? o que significava a leitura para ela?
Lendo o livro e também falando com pessoas que já leram o livro, tudo indica que a culminancia do livro é a morte, ou o roubo da menina.
   Para mim a mensagem deste livro é a força da leitura, nos diversos momnetos da vida, sendo capaz de mudar as situações, ultrapassando as barreiras, até mesmo a morte.
   A leitura deste livro reforçou em mim algo que sempre tive comigo, que é importante ler, ter o ábito da leitura, não importa o que lê o importante é que leia! Porque além dela nos ensinar, abrir a mente, podemos viajar com ela, ir a lugares, conhecer diversidade de coisas e na nossa realidade pessoal ela pode ser uma coragem, um ânimo, uma força que nos implusiona.
   Não deixe que conhecer a Liesel Meminger, a roubadora de livros, concerteza você vai se apaixonar por ela e pela leitura.












5 Comentários

  1. Sou suspeita em falar, pois eu adorei este livro, muito bom mesmo!recomendo!

    ResponderExcluir
  2. Li este livroo há um tempão!

    Adoorei! Achei lindo o final, apesar de que chorei litros... D:

    Beeejos!

    Bia | Livros e atitudes

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro, amo e sou fascinada por esse livro!
    O Rudy é a coisa mais fofa que existe nesse mundo!
    Foi o primeiro livro que chorei pra caramba. Só de me lembrar dele eu fico emocionada!

    Li ele há um tempo e fico sempre querendo reler ;D

    Beijos
    Tem post novo lá no blog: http://osbastidoresdoamor.blogspot.com/2011/06/na-minha-caixa-de-correio-4.html

    ResponderExcluir
  4. Já li esse livro e gostei muito...
    A sua resenha está realmente muito boa, bem detalhada, meus parabéns!
    Eu não encontrei meio de contato, então vou falar aqui mesmo...
    Estou começando um blog agora que fala sobre livros e coisinhas do universo feminino, se você puder dar uma olhada, eu gostaria de propor uma parceria, se você estiver interessada.
    Esse começo é difícil pra todos, e precisamos de apoio mútuo.
    Agradeço desde já..
    Beijos

    Laiara
    Blog Sua Louca! http://sempreumalouca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Olá Vanessa.

    Esse livro é demais, gostei muito da sua resenha, como vc já sabe também resenhei ele no meu blog.

    Abçs!!

    http://devoradordeletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário!