Hey, pessoas!

 Neste feriado eu assisti ao filme A Fera e fiquei super emocionada com um poema que é citado no filme que tem o título Tomar uma Coca-Cola com você! Gente, só vocês assistindo ao filme para saberem do que eu estou falando, da emoção que senti!
 Ganhei o livro A Fera de formatura, ele era o primeiro da minha lista(quem viu meu último post do papo letra entre blogueiros, lá está a lista de livros que desejo), fiquei super feliz de ter ganhado! Logo irei ler e postarei a resenha!

Vamos ao poema!!


Tomar uma Coca-Cola com você...
(by Frank O'Hara)
é ainda mais divertido que ir a São Francisco, La Jolla, Tijuana, Tecate, Ensenada
ou ter o estômago revirado de enjôo na Madison Avenue em Nova Iorque
em parte porque nesta camisa laranja você me parece um São Francisco melhor mais feliz
em parte por causa do meu amor por você, em parte por causa do seu amor por vodca
em parte por causa das margaridas laranja fluorescente cercando os ipês
em parte por causa do mistério que nossos sorrisos vestem diante de gente e estatuária
é difícil de acreditar quando estou com você que pode haver algo tão imóvel
tão solene tão desagradavelmente definitivo quanto estatuária quando bem em frente
no ar quente das quatro da tarde em Nova Iorque nós vagamos em círculos num vai e vem como uma árvore respirando por suas oftálmicas

e a exposição de retratos parece não ter qualquer rosto, só tinta
você de repente pergunta-se por que diabos alguém deu-se ao trabalho de pintá-los
eu olho você e preferiria olhar você a todos os retratos do planeta com exceção
talvez do Auto-Retrato com corrente de ouro de vez em quando que está no MASP
aonde graças aos céus você nunca foi então podemos ir juntos pela primeira vez
e o fato de que você se move tão lindo resolve mais ou menos o Futurismo
assim como em casa eu nunca penso no Nu Descendo uma Escada ou
num ensaio nalgum desenho do Michelangelo ou Da Vinci que antes me deixava boquiaberto
e de que adianta aos Impressionistas toda a sua pesquisa
quando eles nunca conseguiam a pessoa certa para encostar-se à árvore ao pôr-do-sol
ou a propósito Marino Marini se ele não escolheu o cavaleiro com o mesmo cuidado
que o cavalo
é como se tivessem roubado deles uma experiência maravilhosa que eu não pretendo desperdiçar e é por isso que estou aqui falando tudo isso pra você.
E aí, gostaram??


Obs: Fiquem de olho, amanhã lançarei uma nova promoção!!


Nessinha*

13 Comentários

  1. Muito fofo, Nessa!
    É o poema que aparece em A Fera né?
    Eu não li nem assisti ainda, mas já tinha visto no blog da Pah ˆˆ
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Boa noite.
    Lindo poema, ter alguém ao nosso lado é demais, parabéns pelo post.
    Abçs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Esse poema é mesmo muito lindo. também me encantei com ele ao ver o filme.
    Beijos.

    Books e Desenhos

    ResponderExcluir
  4. Eu já vi o filme nunca li o livro mais me emocionei tbm quando vi muuuito lindo Beeijos ;*

    ResponderExcluir
  5. lindooo o filme ,e muitos mais imprecionante o poema eu nunca tinha ouvido falar dele mas adoreii.

    ResponderExcluir
  6. oi meu nome é aline mais pode me chamar de nina vc já leu fallen é uma historia incrivel com muito romance eu tenho todos os livros da serie e a cada linha uma emoção adorei espero que goste ...se vc ainda nao leu pode ter certeza que vai adorar ...

    ResponderExcluir
  7. Este não é o poema original. Este é uma transcontextualização de Ricardo Domenec. Esta guria (http://migre.me/bchmp)postou o orginal e até um video do autor lendo o Poema. Bem interessante (:

    ResponderExcluir
  8. EU JA ASSITI O FILME E GOSTEI MUITO A LIAS EU JA ASSITI 2 VEZES MAIS O POEMA TOMAR UMA COCA-COLA COM VOCÊ MUITO BONITO MESMO EU ADOREI

    ResponderExcluir
  9. Adorei ♥Mas a tradução do poema não é bem essa não né ? o_O

    ResponderExcluir
  10. É uma boa tradução... você que fez?

    ResponderExcluir
  11. legal mais o poema nao e assim

    ResponderExcluir
  12. É do Frank o'hara esse poema, o poema não é assim e frank o'hara não foi publicado em papel no Brasil.
    mas essa versão, me emocionei lendo assim como escutando o original, tem ele mesmo recitando disponível do YouTube.

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário!