Olá,
  Hoje indico o livro e belíssimo romance Neve do autor Orhan Pamuk, Prêmio Nobel de Literatura 2006, ficou em primeiro lugar nas listas dos mais vendidos, que além do belo romance como pano de findo, temos a história das moças que cometeram suicídio por usar ou não o véu, expondo questões racial, política e étnica, que ocorrem na Turquia. A capa de "Neve" com meio rosto de uma mulher com a cabeça coberta já nos convida para leitura.
 Neve


Neve


Sinopse

Neve conta a história de Ka, poeta exilado na Alemanha, que viaja a uma pequena cidade turca sob o pretexto de investigar a onda de suicídios entre jovens muçulmanas que assola o vilarejo. Durante essa visita, uma nevasca bloqueia todas as estradas, insulando a cidade do resto do mundo. É nesse clima de isolamento que um veterano ator e sua mulher aproveitam para liderar um golpe militar. Embora tenha se distanciado da política há muitos anos, Ka é alçado a protagonista involuntário dessa revolução. Nada menos apropriado para um escritor cujos desejos são apenas registrar as poesias que lhe escapam há anos, mas que agora passam a fluir com extrema naturalidade, e se casar com Ìpek, antiga colega de escola. Mas o turbilhão provocado pelo golpe traz à tona a truculência das forças de segurança, antigos ajustes de contas e o radicalismo de alguns militantes islâmicos. Enquanto Ka tenta se equilibrar entre as diversas facções em choque, vê a cidade se tornar um microcosmo dos conflitos raciais, políticos e étnicos da Turquia, além de palco da sua tragédia pessoal. 

  Este livro fez com que Orhan Pamuk ganhasse o prêmio Nobel da Literatura, e não é por menos; pois é um livro maravilhoso. Neve descreve o choque entre o radicalismo islâmico e as influências da cultura ocidental na Turquia moderna, além de demonstrar intolerâncias e incoerências de ambos os lados.
  O protagonista principal Kerim Alakusoglu, poeta turco conhecido por seu apelido ocidentalizado Ka, retorna a Istambul após 12 anos de exílio na Alemanha para o enterro de sua mãe, mas é na pequena cidade de Kars onde quase toda a narrativa é concentrada no período de três dias em que a cidade fica isolada por uma tempestade de neve.
 Neste período, Ka prepara uma reportagem sobre a onda de suicídios de jovens muçulmanas que se recusam a abandonar o véu exigido pelo Corão e proibido nas escolas pelo governo turco, e acaba participando involuntariamente de um golpe político local resultante dos conflitos raciais, políticos e étnicos da Turquia.
  Em alguns momentos do livro a leitura se torna cansativa e pesada, mas a ação e o suspense e alguns fatos que ocorrem, faz com que você continue a leitura; pois tem uma trama interessante e o final é surpreendente.
  Certamente é um livro que recomendo; pois além de excelente ele nos mostra e nos traz uma visão do universo mulçumano, o qual não conhecemos.
Espero que gostem!
Abraços!
Marco Antonio

13 Comentários

  1. Parece ser uma história sensacional realmente, a começar pela capa que é linda.
    É uma história forte com um tema étnico que foge um pouco do convencional. Eu gostaria de ler sem dúvida!!!

    Vanessa - Blog do Balaio

    ResponderExcluir
  2. Olá,Marco!
    Há tempos que venho tentando adquirir esse livro. A temática do livro me fascina e com essa belíssima capa, realmente, enche os olhos..rss
    Adorei a dica e tenho certeza que vou gostar tanto quanto você.
    Bjs..
    Zilda Mara
    Cachola Literária

    ResponderExcluir
  3. Oi Marco!
    Achei o livro bem interessante! Não sei se seria o tipo de leitura que eu faria nesse momento, mas acredito que seja uma que pretendo fazer um dia!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. oi,

    Eu não conhecia esse livro e gostei da capa.....achei a sinopse interessante ......vou deixar anotado pra comprar depois..

    bjiss

    Jaira

    Livros e Versos

    ResponderExcluir
  5. Excelente a resenha, e fiquei interessadissima em ler o livro ...

    Beijosss

    ResponderExcluir
  6. Uma vez estava com esse livro na mão, mas não tive a oportunidade de lê-lo, e pelo jeito perdi uma grande obra...espero um dia poder recuperar esse momento lendo o livro. Adorei a resenha e se ela ganhou o Nobel não foi por acaso...\o/...beijokas elis
    http://amagiareal.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. muito legal essa dica!mais eu infelizmente ñ curto esse tipo de livro :'(

    amiga gostei muito do seu blog!visita o meu?

    Bjks;http://gaarota-independente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oie, Marcos.
    Nossa, ame!
    Gostei demais do que li e agora quero ler esse livro.
    Já vai pro meu skoob.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Eu sempre adorei essa capa, mas nunca prestei atenção no que a história dizia. Parece ser um livro muito bom mesmo, quem sabe leia um dia.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Boa noite Pessoal,

    Fico feliz que tenham gostado da dica dessa semana, esse livro é excelente e a capa uma das minha preferidas.

    Obrigado e um abraço a todos!!!

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Marco, adoro as dicas de livros diferentes, que nunca ouvi falar, que você traz.
    Esse já me chamou atenção pela capa, ainda mais por saber que fala sobre o radicalismo islâmico.
    Muito me interessa, e espero ter oportunidade de ler.
    Resenha perfeita.
    bjos

    ResponderExcluir
  12. Perdi as contas do tanto de vezes que estive próxima a este livro mas nunca o peguei.

    A capa me lembra "A hospedeira" e depois que vi a sinopse, me interessei em lê-lo. Caso eu volte a fazer jornada na biblioteca, o pegarei.

    Beijos!
    Bia | www.livroseatitudes.com.br

    ResponderExcluir
  13. Marco vc não poderia ter colocado dica melhor, essa é simplesmente interessante, uma leitura dificil mesmo, mas que apesar do peso consegue nos prender...

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário!