Olá,

  Hoje indico o livro Mulherzinhas da autora Louise May Alcott, um dos grandes clássicos da literatura mundial; um romance ambientado na época da Gurra Civil dos Estados Unidos que aborda temas importantes a independência das mulheres na época, além de outros assunto, um dos meus livros favoritos e leitura obrigatória para os amantes da literatura.



Mulherzinhas

Sinopse

  Mulherzinhas nos convida à inteligência, que hoje está fugindo, à juventude perene desses jovens do século XIX, cujas aspirações essenciais podem ser reconhecidas nos jovens de sempre.Alcott situa na Nova Inglaterra a descrição afetuosa e tocante da vida das irmãs March para fazer uma metáfora sobre as experiências do crescimento humano, através da juventude e feminilidade de Meg, Beth, Amy e Jo.
  Nascida em 1832, na Pensilvânia, Estados Unidos da América do Norte, Louise May Alcott sonhava ser atriz, mas tornou-se escritora. Inspirou-se nas próprias experiências para escrever suas histórias.Foi educada pelo pai, o filósofo e educador Amos Bronson Alcott, tendo a oportunidade de conviver com intelectuais do círculo do pai, como Thoureau e Emerson.Em "Mulherzinhas" (1868), a autora apresenta o retrato de uma família de classe média norte-americana do seu tempo, salientado os seus valores morais: civismo e amor à pátria, que chega ao sacrifício de seus filhos, dedicação extrema ao lar e ao próximo.Este romance obteve muito sucesso no cinema com o título "Adoráveis Mulheres".
   Livro clássico para ser lido e guardado. Com ele a avó presentear a neta, a mãe a filha, todos se presentearem mutuamente, amigos a amigos, com essas adoráveis mulheres.
Segue abaixo sequência (rigorosamente na ordem) de Mulherzinhas:
1) Boas Esposas (Good Wives), traduzido por Genolino Amado
2) Um colégio diferente (Little Men), traduzido por Herberto Sales.
3) A rapaziada de Jô (Jo's Boys), traduzido M. Z. Camargo

  Esse clássico se passa na época da guerra civil norte-americana, e traz a história das irmãs March, que contam com a ausência do pai que agora esta na guerra. A família, um dia fora rica, mas perdeu tudo e se encontra pobre, as meninas estão aos cuidados da mãe, que tem que trabalhar e conviver com uma vida difícil.
  Meg é a mais velha das irmãs, tem 17 anos, é a mais bonita de todas e tem um pouco mais de dificuldade para assimilar a nova realidade financeira da família; pois não pode se dar mais ao luxo que tinha antes e tem que trabalhar cuidando de crianças, Jô tem 16 anos e como ela mesma disse, preferia ter nascido um garoto, apaixonada por leitura gosta muito de escrever, mas tem um temperamento difícil e trabalha como acompanhante da tia, Beth tem treze anos, tranqüila e amorosa, tem uma grande paixão pela música e com uma imensa bondade no coração, procura sempre ajudar a todos, desta maneira cuida da casa e Amy é a caçula, mimada e um pouco egoísta, mas sabendo desse terrível defeito, busca a cada dia arrancar isso do coração, ela somente estuda.
  Elas têm uma bela amizade com o seu vizinho Laurie, mas em especial com Jo, essa amizade com Laurie e posteriormente seu avô, ajudam todas a passarem pelas intempéries dessas mudanças e acontecimentos do dia a dia.
  Mulherzinhas é um livro cativante e intenso, que aborda questões importantes, seja no âmbito social ou familiar, relatando o cotidiano dessas adoráveis moças, um romance rico e profundo que está na lista dos meus favoritos.
Espero que vocês tenham gostado!
Abraços*
Marco Antonio*

8 Comentários

  1. Pode me xingar, mas eu só fui saber da existência deste livro quando li o Pequenas Mulheres Vampiras da editora Pandorga que é uma versão sobrenatural do Mulherzinhas....rsrs.

    Vanessa - http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. E olha o Marco sempre trazendo clássicos para indicar.
    Adorei, pois eu amo clássicos, ainda mais sendo uma leitura intensa.
    Entrou pra lista j[a
    bjos

    ResponderExcluir
  3. haha, gostei do "mulherzinhas".. Normalmente livros assim me agradam, talvez eu leia esses.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Gostei do post Marco! Ainda não conhecia esse livro e achei interessante, ainda mais por abordar tanto o âmbito familiar quanto o social. Ótima dica! Abraços!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  5. Olá! Adorei, realmente parece um livro ótimo... O assunto me agrada!

    Beijooos!
    Lendo de Tudo

    ResponderExcluir
  6. Boa noite Vanessa e boa noite Pessoal,

    Fico contente que tenha gostado; pois esse é um dos meus favoritos...abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Adorei a dica e já adicionei todos os livros na lista de desejados no Skoob!

    ResponderExcluir
  8. Oi Marco.
    Gostei da dica desse livro, é bem o meu estilo!
    Parabéns pela resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário!