Categorias:



O ano da leitura mágica


O Ano da Leitura Mágica

Sinopse

Um desafio: ler um livro por dia durante um ano. Você aceita? Essa foi a promessa que Nina Sankovitch fez a si mesma. Após perder a irmã mais velha para o câncer, e embora precisasse cuidar dos quatro filhos e lidar com os percalços que fazem parte do cotidiano de uma grande família, Nina cria uma jornada para si mesma: ler um livro por dia durante um ano inteiro. Nesse verdadeiro sonho literário, nossa heroína descobrirá que o ano de leitura mágica mudará tudo ao seu redor e que os livros são uma ótima terapia. O ano da leitura mágica também conta a história da família Sankovitch: o pai de Nina, que escapou da morte por um triz na Bielo-Rússia durante a Segunda Guerra Mundial; os quatro ruidosos filhos, que lhe recomendavam livros ao mesmo tempo que a ajudavam a cozinhar e a limpar a casa; e Anne-Marie, sua irmã mais velha e inspiração, com quem Nina compartilhou os prazeres da leitura, mesmo em seus últimos momentos de vida.


Minha Opinião

Nina é casada, tem quatro filhos e sempre gostou de ler. Na sua infância, Nina e suas irmãs, Anne-Marie e Natasha, eram muito incentivadas a ler pela sua mãe.



"Três meninas, diferentes entre si, mas todas amavam livros. Quando começamos a andar, andávamos até os livros. Quando Tinha apenas três anos íamos juntas a uma biblioteca itinerante. Em Fahrenheit 451, Ray Bradbury descreve o cheiro dos livros "como nos moscada ou algum temepro de uma terra distante". Para mim, os livros tinham um cheiro picante, mas de um tempero local, confortável e familiar. Era o cheiro de biblioteca itinerante, uma mistura de páginas mofadas e corpos quentes. (pág. 17)

Quando Nina perde sua irmã Ane-Marie para o câncer, ela se propõe um desafio, ler um livro por dia.

"Planejei começar meu projeto de um livro por dia no meu aniversário de quarenta e seis anos. Eu leria meu primeiro livro naquele dia e no dia seguinte escreveria minha primeira resenha. As regras para meu ano eram simples: eu não podia ler o mesmo autor duas vezes, não podia reler nenhum livro que já tinha lido e tinha de escrever sobre todos os livros que lesse". (pág. 33)



"Ler sempre foi minha atividade preferida, mas agora havia se tornado um empreendimento digno do nome. Eu podia recusar cafés, reuniões de pais e mestres e exercícios dizendo que tinha trabalho por fazer. A maioria das pessoas achava que meu projeto era loucura, mas não importava e nem eram tantas´pessoas assim. Eu precisa ler. Eu sabia que tinha a sorte de dispor de tempo e do apoio para fazer isso e não os disperdiçaria. Depois que tomei a decisão de ler um livro por dia durante um ano, não questionei o compromisso ou o prazer que teria pela frente. Fiz um plano e depois parei de discutir os benefícios e detalhes menores. Eu usaria o tempo que teria gastado discutindo minha escolha e mergulharia na tarefa de levá-la a cabo". (pág. 38)


Nina procura respostas nos livros que lê. Enquanto vai lendo vai lembrando de sua vida, infância e e principalmente de sua irmã. De certa forma é uma fuga, ela se refugia nos livros, mas ao mesmo tempo ela vai encontrando respostas, e vai confortando seu coração triste.


"Eu me lembrava de Anne-Marie nos personagens que encontrava em todos os livros que lia. Ela era uma espécie de heroína que os escritores gostavam de colocar nos livros, com sua força silenciosa, resiliência, sua total falta de pena de si mesma ou de preocupações com as coisas triviais e sua combinação exaltada de beleza e inteligência". (pág. 92)


  O livro é maravilhoso e muito rico em referências. Todos os livros que a Nina lê, ela faz comentários, enriquecendo ainda mais nossa leitura e nos fazendo refletir sobre determinados trechos.
  Além de acompanharmos as leituras da Nina, acompanhamos sua rotina com seus filhos, com a família, e também os momentos que ela se dispõe a fazer a leitura. Ela é fiel ao seu projeto, independente de seus afazeres, sempre tem um tempinho para ler.
  No final do livro, temos a lista de livros que ela leu durante o ano de leitura. Gente, essa história é real, é a história da própria autora Nina Sankovitch, e este é o site dela onde podemos encontrar mais informações sobre o ano da leitura, resenhas dos livros, fotos entre outros.
 Este livro já é um dos meus favoritos de 2013, eu adorei esta leitura. É um livro que a história flui,  cheio de referências, é uma leitura leve e que nos leva a uma reflexão.
  Eu separei vários quotes, meu livro ficou cheio de post-it, pois me identifiquei com muitas coisas que a autora falou, logo postarei alguns na coluna "Quotes que me marcaram".
  Eu super indico este livro, principalmente para que gosta de um livro leve, reflexivo e real.


"As pessoas compartilham os livros que amam. Elas querem espalhar para os amigos e familiares a sensação boa que sentiram ao ler o livro ou as idéias que encontraram nas páginas deles. Ao compartilhar um livro amado, um leitor está tentando compartilhar o mesmo entusiasmo, prazer, medo e ansiedade que experimentou ao ler. E porque mais o fariam? Compartilhar o amor pelos livros ou por um livro específico é uma boa coisa. Mas é também uma manobra arriscada para ambos os lados. Quem dá o livro não está exatamente expondo a alma para uma rápida olhada, mas quando o entrega com o comentário de que é um de seus preferidos, está muito próximo de expô-la. Somos aquilo que gostamos de ler e quando admitimos que adoramos um livro, admitimos que este livro representa verdadeiramente algum aspecto do nosso ser, seja o fato de sermos loucos por romance, ou por aventura, ou secretamente fascinados por crimes." (O ano da leitura mágica,
Página 99)



ns_gallery41ns_gallery42

Nina Sankovitch




Espero que vocês tenham curtido*

Beijinhos*

12 Comentários

  1. Oi,amiga!
    Estou fascinada com os quotes escolhidos por ti. Até compartilhei na minha página, pois ele representa exatamente o que sinto em relação à leitura. Preciso urgentemente desse livro. Onde você comprou?
    A resenha ficou linda!
    Bjs!
    Zilda
    Cachola Literária

    ResponderExcluir
  2. Oie!!
    Gente essa história é real???
    Não sabia!!!! Até ficava pensando que era impossivel um livro por dia e ter 4 filhos, pq eu tenho um filho só, raramente leio livros com menos de 300 paginas e me sinto o máximo quando termino em 3 dias kkkkk imagina com 4...
    Mas quero ler sim, ainda masi sabendo que é real!

    Bjocas e bom domingo!

    ResponderExcluir
  3. Que liiiiiindo! Quero ler!!! :D

    Beijo,
    www.estanteseletiva.com

    ResponderExcluir
  4. Oi flor!
    Que delícia ver que a leitura foi tão envolvente! Gostei também de ver que é super rica!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  5. Culpa tua e só tua, a minha lista de desejados acabou de ganhar mais um integrante!!!! Rsrsrsrsrs

    Como não querer ler este livro não é mesmo? Impossível.

    Beijokss

    Van - Blog do Balaio

    ResponderExcluir
  6. Boa noite Vanessa,

    Esse livro parece bem interessante...parabéns pela sua resenha...abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Nessa, nossa que interessante, mais ainda saber que é uma história verídica! Bom saber que é envolvente, :d!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Ahh que legal!
    ótima dica, bem que eu gostaria de ler um livro por dia!!!
    Beijos
    Amanda
    leiturahot.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Nossa, como eu queria ler um livro por dia, mas tenho obrigações que não posso largar pra ler... ;/ Mas nunca paro de ler algum livro que seja!
    Bom, nunca tinha ouvido falar desse livro, achei a capa bela e a história mais ainda *-* Com certeza quero ler!
    E esse último quote? Acho que qualquer blogueira literária ou pessoa que gosta de ler se identifica. Gosto demais de livros que nos fazem refletir, acho que dá para aprender muito com Nina, inclusive sobre não desistir de nossos projetos!

    Valeu a dica!

    Tem post novo no blog - http://livrosebatons.blogspot.com.br/
    Te espero lá!
    Beijos*

    ResponderExcluir
  10. Oi Nessa, eu ia dizer que a história parecia triste demais, não sabia que era verídica! Adorei o enredo, e acho que leria. Mas não, não faria um desafio desses para mim mesma, coisa de doido! rsrs

    beijos

    ResponderExcluir
  11. Eu tenho muita vontade de ler o livro, Nessa! Parece realmente encantador!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  12. Oi Nessa.
    Esse livro parece ser lindo! Adorei o tema e os quotes que você escolheu.Já entrou para minha lista de desejados.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário!