Olá Pessoal!

A dica dessa semana é o livro Estou com Sorte do autor Douglas Edwards, um livro interessante que ajuda entender não somente essa incrível empresa, mas também o mundo tecnológico em geral.


Estou com sorte

Sinopse: Comparar o Google a um negócio comum é como comparar um foguete a um Edsel. No seu começo, o Google abraçou extremos — dias infindáveis abastecidos com comida farta e de graça, debates infindáveis baseados em dados, e jogos de hóquei de tirar sangue. Os líderes recém-formados da empresa procuravam mais do que velhos caminhos para o sucesso; eles queriam disponibilizar toda a informação do mundo para todos instantaneamente. O Google, como o Big Bang, era algo único, uma liberação explosiva de inteligência bruta e inigualável energia criativa, e enquanto outros descreveram o que o Google conquistou ninguém jamais explicou como era se sentir fazendo parte disso. Pelo menos até agora. Douglas Edwards, o funcionário numero 59, oferece uma primeira visão por dentro do que era ser um Googler. Experimente a mistura enervante de camaradagem e competitividade enquanto Larry Page e Sergey Brin, os jovens e idiossincráticos parceiros da empresa, criavam uma estrutura famosa pela sua não hierarquia, pela luta contra a sabedoria convencional, e a corrida para implementar uma miríade de novos recursos, enquanto, tranquilamente enterravam ideias passadas e produtos danificados. Estou Com Sorte captura pela primeira vez a cultura autoinventada da mais transformadora corporação do mundo e oferece um acesso único às emoções, particularmente as tensões, experimentadas por aqueles que construíram da noite para o dia uma das marcas mais conhecidas do mundo.




O livro traz a história de Douglas Edwards, o funcionário número 59 do Google, mas não somente isso, por meio do livro também conhecemos um pouco da trajetória da empresa Google.

Douglas inicia seu trabalho na empresa como um homem de experiência, pois já era casado, tinha filhos e uma grande experiência profissional na área de marketing, contudo, resolve abandonar sua segurança profissional e arriscar tudo na startup (pequena empresa) que era a Google na época.

A empresa nesse momento não tinha organização e possuía materiais sucateados, contudo, em contrapartida, tinha profissionais extremamente qualificados, engenheiros brilhantes e dois diretores visionários, pois queriam fornecer a melhor ferramente de busca, aquela que dá os melhores resultados, com o melhor tempo e o principal, queriam que as pessoas tivessem o Google em seu "subconsciente" quando pensassem em busca, e como todos podemos perceber, deu certo!

O livro é contado no período de 1999 a 2005, já que esse foi o tempo que Douglas trabalhou na Google, a história possuí uns termos técnicos que as vezes dificultam o entendimento da leitura mas também possui partes engraçadas e até dicas comportamentais no mundo profissional.


A experiência de Douglas como funcionário número 59 da Google algumas vezes mudou a sua visão na vida profissional e pessoal. O autor nos mostra como sua vida mudou em razão da incrível oportunidade que a Google lhe forneceu.Um fato interessante que o autor nos conta no livro é a quantidade de serviços gratuitos que a empresa disponibiliza à seus funcionários, tais como serviços de lavanderia, massagens relaxantes, academia, M&M's a vontade, o que nos faz almejar um emprego nessa empresa, mas, o autor, também deixa bem claro que um "Googler" quase não tem vida pessoal, assim, esses serviços são oferecidos para o funcionário não se preocupar com as "coisas rotineiras da vida", um ponto que serve para reflexão.



No mais, a capa é legal e criativa, a leitura é cansativa e cheia de termos técnicos e o que faz nos interessar pela história são os pontos contados pelo autor sob sua ótica pessoal, que dão uma "sacudida" na história. Um livro indicado para os amantes da informática.


7 Comentários

  1. Oi Marco!
    Tenho este livro em casa, quer dizer, na verdade dei de presente para o meu marido,ela já leu, eu ainda não...

    Beijo, Vanessa Meiser
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Marco!
    É interessante o tema do livro. Me lembrou um filme que eu assisti "Os Estagiários", que se passa dentro da empresa Google e mostra como tudo é por lá. Bem legal.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Nossa, tenho impressão de que já tinha comentado nessa postagem o.Õ rsrs
    Eu não tenho muita curiosidade de ler livros nesse estilo, a Intrinseca também lançou um recentemente, mas não me anima nada.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela dica Marco! Já li Estou com Sorte e curti bastante, mas achei a leitura um pouco maçante, em vista dos milhares de termos técnicos empregados. Abraço!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  5. Olha eu sinceramente não conhecia esse livro ainda, mas achei bastante interessante a proposta do livro e acho que ainda terei a oportunidade de ler, porque fiquei curiosa. Parabéns pela sua escrita e também por ter sido bastante objetivo sobre o livro =] Vou procurar conhecer, porque quem sabe eu goste né?

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/03/resenha-eu-amo-new-york.html

    ResponderExcluir
  6. Oi, Marco!
    Então, não é um livro que me anime muito para ler, mas acho especialmente interessante essa questão da vida pessoal que você citou. Leria mais por curiosidade.

    Beijão

    ResponderExcluir
  7. Olá Pessoal,

    Que bom que gostaram da dica, é um livro bem interessante, mas concordo que tem momentos que é cansativo, mas vale a leitura....abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário!