Categorias:


Oi meus amores, tudo bem?!

Bom demais começar a semana com dicas de leitura! Neste fim de semana eu conclui a leitura do livro
"O Príncipe dos Canalhas" da autora Loretta Chase, livro recebido em parceria com a 
Editora Arqueiro. Bora conferir o que eu achei do livro.



O Príncipe dos Canalhas
Loretta Chase

Sinopse
Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent...
Acostumado à repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu.Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade – muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho.Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes.


Sebastian Ballister é o Marquês de Dain, conhecido como Lorde Belsebu, pela sua forma de ser, literalmente pela sua fisionomia (nariz feio, grande) e pela sua forma de agir com as mulheres. Mas isso vem desde sua infância que não foi das melhores, abandonado pela mãe, rejeitado pelo pai, era muito humilhado na escola, e digamos que tudo isso sua feiura contribuiu. 

O que lhe restou foi pagar para que as mulheres ficassem com ele, e isso o tornou um homem rude, grosso, nunca quis compromisso sério com nenhuma mulher. Em contra partida, ele é muito rico, herdara tudo de seu pai. 

A cidade pano de fundo é Paris, e eis que chega na cidade uma jovem mulher, a Jessica Trent. Vem junto com sua avó Genevieve, para passar uns tempos e tudo que ela quer é livrar o seu irmão Bertie, do seu ídolo Lorde Belsebu.

Interessante que o Bertie, não só gasta seu dinheiro nos jogos na casa do Lorde, como também acaba naquela vida depravada de prostitutas e muitas bebidas, de ter que ir para casa sendo carregado por outros.

Jéssica já beira os 30 anos, e naquela época uma mulher nessa idade já está quase ficando para titia, mas
esse não é o caso dela. Não foi por falta de pedidos de casamento, ela é uma mulher dona de si, sabe o que quer, decidida, forte, não age como as mulheres daquela época, na verdade ela nem tá para o que os outros pensam, age por seus instintos e vai em busca do que quer com inteligência.

Os dois acabam se conhecendo numa loja de artigos (bibelôs), Jessica quer comprar um presente para sua avó de aniversário e é lá que os dois acabam se envolvendo. É meio que de imediato, os dois sentem uma atração fortíssima, um pelo outro. E na primeira conversa o Lode Belsebu percebe que Jéssica é uma mulher diferente, diferente de todas que ele já conheceu.

Dinte de alguns acontecimentos os dois casam-se por obrigação, e a relação entre os dois não é nada fácil. Ele é um mandão, e ela de personalidade forte, não se cala e dá seus palpites, mas claro que uma hora os dois irão se render ao amor ...... Leiam para saber como tudo termina!!

A partir daí que a histórica começa de fato, e muita, mas muita coisa mesmo irá acontecer (claro que não irei contar). Essa história é como se fosse a releitura de A Bela e a Fera, confesso que não achei essa comparação tão válida, até porque o Lorde não é tão feio assim. 

No início da leitura eu estava curtindo a trama, mas depois ficou a desejar. Eu esperava bem mais dessa história, não sei se criei muitas expectativas. O livro em si é muito bom, para quem gosta de romances de época ele tem todas as características, mas o que eu não gostei mesmo foi do contexto que a autora criou. E também de algumas atitudes dos protagonistas. 

O próprio desenrolar da história, ele teve um caminho que eu não curti muito. No meu ponto de vista faltou mais romance (pegada, não sei se é bem isso). Algo que me incomodou muito foram os diálogos. Ao longo da história os dois tem muitas conversas, discutem o tempo todo, e isso acontece pelo jeito de ser de Jéssica, que nunca se cala para o Lorde, isso me cansou. :(

Infelizmente eu não torci pelo casal, é como se tivesse faltado algo na história para me fisgar e fazer eu me apaixonar pelo livro. Ainda sim digo que o livro é bom. Gente, isso vai do gosto de cada pessoa, porque eu não curti não significa que você não irá gostar. Até porque eu só li comentários positivos deste livro, mas comigo não funcionou. Como eu já disse, a história ficou a desejar no meu ponto de vista.

Preciso destacar que a diagramação do livro está impecável, capa maravilhosa, não chega a ter 300 páginas. Leitura leve e simples, com pitadas de humor. A escrita da autora é envolvente e nos deixa curiosos pelo desenrolar da trama.

O kit que a editora enviou estava muito lindo. Agradeço à Editora Arqueiro por ter me enviado o livro para leitura!

Indico a leitura, principalmente para quem gosta de Romances de Época, com pitadas de Humor.










.






10 Comentários

  1. Oi,miga!
    Esse livro está na minha lista de desejados. Achei o seu mote bem interessante. Acho que irei gostar bastante apesar de não ter o costume de ler romances de época. Ótima resenha.
    Bjs!

    Zilda Peixoto
    http://www.cacholaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha Nessa! Estou ansiosa para ler O Príncipe dos Canalhas! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Van!
      Estou curiosa para saber sua opinião! Bjs

      Excluir
  3. Pow sei bem como é, no começo a gente está amando mas parece que o escritor quer mudar isso hehe. pow eu fico logo chateada com as atitudes dos personagens e isso vai me desmotivando sabe, e por n ser uma das maiores fãs de livros de época eu n me arrisco nessa leitura.
    quem sabe um dia eu tente ^^ e se for tentar já tenho uma ideia e vou ler sem mt expectativa.
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alice!
      Eu amo livros do gênero, mas o rumo que esta história tomou eu não curti muito, mas valeu a leitura.
      O livro em si é muito bom e cumpre seu papel. Beijos

      Excluir
  4. Puxa eu estava tão animada pra ler esse livro, que pena que tu não curtiu tanto assim. Só me resta ler e ver o que eu acho então.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Nessa, ia comentar sobre isso, que as pessoas que leram, na maioria, adoraram e encheram as resenhas de elogios. Eu não li e nem tenho muita curiosidade, para ser sincera, mas se tivesse os livros em mãos, daria uma chance. Que pena que não funcionou tão bem para você.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Hummm, interessante o seu ponto de vista, principalmente quando disse não ter torcido pelo casal protagonista, eu ainda não li o meu exemplar, mas espero fazer isto logo (acho que será a próxima leitura) e vamos ver o que vou achar também.

    Beijo, Vanessa Meiser
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Vi tantas resenhas positivas que quando li a tua pensei: mais una rsrsrs
    Que nada... Você foi bem sincera na opinião, o titulo em si não me atraiu =P

    ResponderExcluir
  8. Olá Vanessa,

    Essa é a primeira resenha que leio desse livro, estava bem curioso, gosto dessa capa e sua resenha me despertou ainda mais o interesse, bjs.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário!