Categorias:


Oi meus amores, tudo bem?

Eu adoro os livros que o David Levithan escreve, porque sempre vem algo novo, uma premissa interessante e diferente. Aqui ele escreveu o livro juntamente com a autora Rachel Cohn.

Assim que eu vi este livro, fiquei mega curiosa, sem contar que essa capa chamou muito minha atenção. Bora ver o que eu achei deste livro!!



Naomi & Ely e a lista do não beijo
David Lavithan e Rachel Cohn





Sinopse
A quintessência menina-gosta-de-menino-que-gosta-de-meninos. Uma análise bem-humorada sobre relacionamentos. Naomi e Ely são amigos inseparáveis desde pequenos. Naomi ama Ely e está apaixonada por ele. Já o garoto, ama a amiga, mas prefere estar apaixonado, bem, por garotos. Para preservar a amizade, criam a lista do não beijo — a relação de caras que nenhum dos dois pode beijar em hipótese alguma. A lista do não beijo protege a amizade e assegura que nada vá abalar as estruturas da fundação Naomi & Ely. Até que... Ely beija o namorado de Naomi. E quando há amor, amizade e traição envolvidos, a reconciliação pode ser dolorosa e, claro, muito dramática.




O livro retrata a amizade entre Naomi e Ely, são amigos inseparáveis desde a infância. O interessante é que Naomi ama Ely, mas não é amor de amigos, é amor mesmo e digamos que o sonho dela é que ele a veja de uma forma diferente, ela gostaria muito que Ely reparasse nela. Mas enquanto isso não acontece ela já namorou alguns garotos e no momento ela namora o Bruce segundo (segundo, porque ela já namorou um outro Bruce que é o primeiro).  

Já o Ely, nutre essa amizade por Naomi da forma mais normal, ele ama ela como amiga, somente amiga, tendo em vista também que ele é gay e não se interessa por garotas.

Diante disso eles criam a lista do Não beijo, para não correrem o perigo de ficarem com algumas pessoas. Nesta lista tem a relação de caras que nenhum dos dois poderiam beijar. Um certo dia Ely acaba beijando o namorado de Naomi, o Bruce (não estava na lista, sendo uma coisa óbvia), e isso desestrutura totalmente a amizade deles.

O que me chama atenção neste acontecimento é que Ely vê essa traição dele com tanta naturalidade, que quase não considera uma traição, ele não reconhece o erro e pior continua ficando com o Bruce. E é como se ele quisesse que Naomi aceitasse isso.

Naomi fica totalmente desequilibrada, sente que perdeu o amigo, e o que me chamou mais atenção foi que ela nem se importou com o Bruce seu namorado, o que ela sente mesmo, é que além de perder o seu amigo inseparável, perdeu o seu grande amor. Para saberem como essa confusão vai terminar, leiam!!

Vou ser sincera em dizer que eu não curti muito essa premissa. A história em si é boa, mas as atitudes dos protagonistas me decepcionaram.  Não estou dizendo que o livro é ruim, pelo contrário, a narrativa dos autores é muito boa, livro fácil de ler, escrita leve. Mas o que eu não gostei mesmo foi do rumo que a história levou.

Esperava bem mais deste livro e por isso eu me decepcionei, mas a mensagem que tirei dele foi a questão da amizade, do quanto é importante velar uma amizade, porque uma atitude errada pode acabar com uma relação linda de uma vida inteira.

O livro já foi adaptado para o cinema, filme foi lançado agora dia 17 de julho, nos EUA, por Victoria Justice no papel de Naomi e Pierson Fode como Ely. (seu namorado na vida real).


Fiquei bem curiosa para assistir ao filme, e vocês alguém já leu? O que achou?




6 Comentários

  1. Oi Nessa!

    Ainda não li nada do autor, quero muito! Só li elogios dele e quero conhece-lo. Não gostei muito da premissa do livro, acho a capa fofa. Essa já é a segunda resenha que li e não gostaram tanto do livro. Com certeza não vou começar por esse. Rs.
    Adorei a resenha.

    Beijos!

    Cintia
    http://www.theniceage.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu nem sabia que isso livro existia e muito menos que já tinha um filme dele. Mas eu simplesmente AMEI essa história e adoraria ler esse livro! <3
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá Vanessa,

    Essa é primeira resenha que leio desse livro e confesso que não me despertou interesse e pela sua resenha vejo que não estava errado....bjs.


    www.devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Nooossa que confusão, apaixonada por um cara gay, coitada, hehe.
    Eu acho esta capa muito fofa e leria só por ela...
    Nem sabia que já tinha filme.

    Beijo, Van Meiser - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Nessa, também achei essa história uma confusão. O único livro da autor que li não me agradou muito, infelizmente, e agora não tenho tanta curiosidade de ler os outros.
    É meio frustrante quando esperamos algo de um livro e ele é totalmente diferente do que imaginávamos, né? Ainda que seja bom, não é completamente.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oi Nessa!

    Cara, tô bolada... Não sabia que teve filme .-. UAT? AHEUAHUEAHUHE
    Já li um livro do David e nossa, fiquei louca narrativa dele!
    Por mais que você não tenha curtido tanto o rumo que a história tomo isso me chamou atenção, porque gostaria de ler algo mais fora da minha área de conforto, porque sei que vou ficar bem fula com os personagens (?) HAUEAHUEHAUE

    Beijos!
    www.livroterapias.com

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário!