Categorias:





Acumular, acumular, acumular!! Lojas repletas de liquidação sempre!! Fico um pouco perdida quando escuto ou leio que tal loja está entrando em liquidação, como assim? Eu quase sempre vejo as plaquinhas de liquidação e promoções nas lojas e ainda dizem que tem data específica? Alguém me sintoniza nesse mundo? 

Bom, enfim, o comércio em geral (tanto físico como virtual) nos enchem de fotos de produtos e preços dignos de sonho. Mas só sonho mesmo porque nos vendem a ilusão que precisamos para ontem daquela camisa, daquele vestido deslumbrante (para usar onde mesmo?), daquela sandália linda e alta (sendo que no dia a dia já cansamos de andar de sapatilha o que fará de salto alto), roupas e acessórios e calçados que nos enchem os olhos, esvaziam nossos bolsos e mofam no armário.

Maquiagens. É base, CC Cream, BB Cream, DD Cream, GG Cream (ok, exagerei de propósito) e por ai vamos comprando todas as novidades de maquiagem mesmo não sendo nós maquiadoras, vamos comprando o batom hit da estação sendo que temos uns 10 no armário que nem estão na metade. Perfumes!! Um cheiro só não tem graça, temos que ter uns 5... ops... famosa fulana de tal divulgou que usa tal perfume, ops, não tenho, melhor comprar... 6 perfumes agora. 

Resultado de imagem para pilha de livros
Livros. Moda do momento: ler. Enfim uma moda que dou créditos afinal ler enriquece nosso vocabulário, mas a moda não é somente ler mas sim ter 30, 40 livros não lidos na estante sendo que, a cada mês a mesma estante ganha (no caso de blogueiras com parcerias) cerca de 10 novos e a gente lê uns 3 por mês? Claro que quem tem blog literário como a chefinha Nessa é outrooo caso, afinal, com as parcerias com editoras e autores ela me disse que ganha muitosss livros de parceria e ai ela também tem a lista de desejados dela né...então acaba comprando muitos outros, nesse caso dá para dar um desconto mas pobres mortais como eu Aurora que não tem blog nem nada, não tenho motivos de ter 50 livros não lidos e gastar dimdim comprando mais né? Até porque eu não ganho nada de ninguém, não tenho parceria com ninguém, nem blog tenho então não tenho motivos de correr ler livros para...colocar na estante?


Agora pergunto: para quê tanta coisa? Vocês já pensaram na quantia de dimdim que desperdiçam comprando coisas que já possuem? Coisas novas que compram que ficam atiradas depois do terceiro dia da compra quando passa a empolgação de "ter algo novo em casa"? Já imaginaram o que daria para fazer com esse dimdim desperdiçado? Quem sabe um curso legal? Quem sabe uma viagem? Conhecer aquela praia que há muito tempo tem vontade de ir? Ou dar entrada no apto próprio ou trocar de carro... já pensaram?

Eu nunca fui de acumular nada de propósito mas em Julho me deu um siricutivo e eu esvaziei tudo o que tinha em casa e resolvi desapegar. Fiquei um dia todinho em função mas cada peça de roupa, cada calçado, casa acessório foi bem pensado antes de ser guardado novamente. O que não gosto mais doei para amigas e vizinhas e o resto: lixo. Sou doida? Sim, sou doida pelo desapego, sou doida para deixar só o que uso e gosto, sou doida para mudar meu estilo sempre que eu quiser (no caso, agora), sou doida por não ter "síndrome de museu", sou doida sim...não tinham percebido ainda?

Mulherada: tentem fazer baixar o desapego nessas mentes poderosas de vocês e vão dar uma geral no guarda roupa, não tenham pena porque depois de amanhã nem lembrarão mais do que se desapegaram. 

Como queremos ser cada dia mais felizes e realizadas se nos apegamos a coisas tão materiais? Se não usa mais seja o que for (incluindo namorados e ficantes) manda um "saí dessa vida que não te pertence mais".  Vamos usar e aproveitar somente o que nos faz bem, vamos ter o que nos enche os olhos de alegria e o resto (roupas, calçados, ficantes, acessórios, papelada, amigo colorido, documentos, livros, namorados, maquiagens, objetos da casa em geral, etc) mandamos para o espaço com passagem só de ida!!

Para começarmos a ter uma vida mais plena e feliz precisamos desapegar!! Para as mais cautelosas dou uma dica: faça o desapego e coloque tudo numa caixa grande, lacre e mande para casa de algum parente ou amiga e explique que como você é cautelosa, ainda não teve coragem de mandar para o espaço, o processo do seuuu desapego é mais lento. Experimente ficar um mês longe de tudo o que desapegou e verá que nem sentirá falta deles, se sentir basta buscar somenteeeee o item que deu saudade (exceto exs qualquer coisa, por favor, esses não).

Sejamos mais leves, mais espaçosas, mais livres. Não é só o nosso comportamento no dia a dia que tem que ter pitadas de loucura mas também a relação que temos com todos os itens materiais que nos cercam. Não vamos nos atucanar e envelhecer antes do tempo para sempre estar na moda. Moda é a gente quem faz, moda é ser original, é sermos Vanessas, Auroras, Marias, Márcias, Danielas, Tatianas... moda é sermos nós com toda a nossa originalidade!!! Não vamos ser escravas das propagandas, não vamos ser escravas desse mundo capitalista, não vamos ser escravas de nada além da nossa própria essência!! 

Não vamos deixar que ninguém manipule nossas mentes, nossos desejos, nossas vontades, nossos sonhos... Vamos adotar o minimalismo nas nossas vidas, vamos nos desapegar de tudo e de todos que não tiverem capacidade de nos fazer feliz!! Se tiver medo, vai com medo mesmo!! Mas vá, não seja prisioneira do medo, do receio, da preocupação e precisando de ajuda, corra para nós... tenho certeza que há várias Auroras por aí esperando a chance de se juntar a mais Auroras, Vanessas, Danielas... , vamos unir todas as mulheres que querem ser livres e felizes do jeitinho que cada uma é. 





Aurora

11 Comentários

  1. Aquele típico texto que todas deveriam ler!!
    APAIXONADA! E UM puxão de orelha para mim, porque mesmo que eu tente, tenho a horrivel mania do apego a coisas que não precisam. sabe?
    Vou indicar esse post lá no snap, realmente achei essencial para as gurias.

    http://www.1001julietas.com

    ResponderExcluir
  2. Oieeeeee
    Que post maravilhoso ;p Cara, consumismo em excesso é tenso demais.
    Sou meio assim com livro. Chega ser exagerado, posso nem ler tudo, mas tenho que comprar.
    A proposta é ótimaaa
    Beijinhos Screepeer
    Screepeer
    Obs: Fiz um grupo de divulgação para Blogs de entretenimento, e, como seu blog está bem nessa vibe. Gostaria de te convidar *-*
    Blogs de Entretenimento

    ResponderExcluir
  3. Oi, Aurora! Adorei o texto! A nossa sociedade nos estimula por meio da mídia a acumular sempre e a sermos consumistas. Desapegar é nadar contra a corrente dessa sociedade doida em que estamos inseridos. Desapegar do antigo é abrir espaço para o novo! Além do mais, aquilo que a gente não usa mais pode ser muito útil ainda para muitas pessoas por aí que não têm condições de adquirir vestimentas, objetos, produtos de perfumaria e etc. Abraços, Taty.
    http://tatycasarino.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Gostei da crônica Aurora. Não precisamos de muito para ser feliz, afinal a felicidade está nas coisas simples e você soube empregar isso com sábias palavras. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  5. Acho mesmo que às vezes temos que parar um pouco para pensar na quantidade de coisas que temos. às vezes faço limpezas também, mas é difícil porque não sobra tempo. Só não consigo me desfazer dos livros, como faz? rsrs

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Aurora!
    Assumo que sou consumista, não só de livros, mas produtos de beleza, esmaltes, roupas, acessórios, mas o que mais compro mesmo é livros. E eu só paro pra pensar quando levo uma chacoalhada de alguém sabe? Ultimamente eu tenho comprado bem menos, livros então 1 ou 2 por mês e as vezes nem isso, pq tem tbm os livros de parceria para ler e eu odeio acumular.
    Esses tempos eu andei fazendo uma limpa nos meus livros, principalmente aqueles que estavam empacados na estante e que eu sabia que não iria ler, fora outros que às vezes ganho e não é meu estilo, fui no sebo e troquei por desejados. Nem vale muito a pena sabe, pq levo uma sacola cheia e na maioria volto com no máximo 5 livros, mas pelo menos sei que alguém vai ler sabe? E outra que volto com desejados, e isso é bom e libera um pouco a minha estante.
    Nas minhas coisas, costumo fazer desapego, volta e meia boto tudo a baixo e o que não uso ou não usei pego e dou para quem precisa, na maioria das vezes a minha mãe fica com alguma coisa e leva o resto para doar.
    Adorei o texto, é bom parar para refletir e até prestar mais atenção nas nossas atitudes.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Aurora (que nome fofo) :)
    Ainda hoje me desapeguei de algumas coisas. Aqui em Portugal já se começa a sentir o Outono então decidi fazer uma arrumaçãozinha, guardar as coisas de Verão, colocar num saco para doar coisas que sei que não vou usar ou que nem uso tanto. Dá um aperto no coração, até porque algumas peças tem história, mas penso que assim terei lugar e uma desculpa para adquiri coisas novas.
    Beijo
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito do seu texto e concordo plenamente contigo. Eu não sou de acumular muitas coisas, mas a sociedade em geral está bem consumista, parece que virou moda "comprar só por comprar" e depois as pessoas ainda reclamam que estão sem dinheiro, é bem contraditório.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Falou TUDO!! O ser humano é muito consumista, com o capitalismo então... A era é sempre ter o melhor celular, a melhor maquiagem, roupas das melhores marcas... E assim a "moda" vai mudança, a tecnologia renovando e nós nos sujeitamos a mais compras! Parabéns pelo texto, :* :*
    - contosdeescritores.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Ai minha nossa Senhora, esta crônica é muito pra mim. No final do ano passado eu mudei de casa e na hora de separar as coisas para levar, me dei conta do tanto de lixo que havia juntado sem necessidade em casa. Muuuita coisa foi passada a diante, no entanto, hoje, quase 1 ano depois, já juntei quase tudo novamente, rsrs. tem jeto isto?

    Beijo, Vanessa Meiser - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Aurora!
    A arte do desapego é mesmo fundamental, mas acho que muitas vezes acumulamos coisas por hábito mesmo. Por não parar para ver o que está apenas acumulando pó nas nossas estantes.
    Confesso que, para mim, o mais difícil é me desapegar dos livros. Só se não gostei nada mesmo, rsrs
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário!