A Costureira
Kate Alcott

A Costureira
Sinopse
Uma jovem ambiciosa e uma estilista célebre sobrevivem ao maior naufrágio da História, mas são arrastadas pelo turbilhão de escândalos que se segue à tragédia.
Tess Collins, uma jovem inglesa que sonha ser mais que uma empregada e ver reconhecido o seu talento para a alta costura, consegue emprego com a famosa estilista lady Duff Gordon a bordo do Titanic, que ruma para os Estados Unidos. Porém, a viagem que se iniciou de forma tão auspiciosa acaba se tornando a maior tragédia marítima de todos os tempos. Tess e lady Duff sobrevivem, a primeira para viver as aflições do amor e as chances de ascensão social, a segunda para se ver envolvida nos escândalos do inquérito sobre o terrível desastre naval. Com um pano de fundo histórico, mas sob um ângulo inédito, este soberbo romance acompanha a trajetória dessas duas mulheres apaixonadas pela linha e agulha, tão parecidas e tão diferentes, deleitando-nos com um retrato emocionante de uma época conturbada e de uma sociedade dividida. Tess simboliza a modernidade livre de preconceitos de classe e rica em oportunidades, enquanto lady Duff representa a decadente Belle Époque, um mundo de glamour e privilégio com os dias contados, assaltado pelas contestações sociais, indústria de massa incipiente e pressões da mídia.


A história de Tess me encantou!! Época onde as mulheres estavam recém começando a ter seu espaço, em que regras eram impostas de todos os lados, a aparência e o dinheiro já eram valorizados demais, tanto é que a construção do maior navio do mundo era a notícia que todos queriam saber. Interesses sobre as pessoas mais pobres, sobre como eram tratados os empregados da alta sociedade ninguém queria, luxo era o que importava.

O livro começa falando justamente no que ninguém se importava: a vida de uma simples empregada - Tess, empregada essa que teve a ousadia de largar tudo o que tinha (tão pouco) e se aventurar nas mãos do destino. Mesmo sem ter vaga garantida no maior navio do mundo ela correu atrás do que acreditava e caiu nas mãos de uma das mais famosas estilistas da época. Tudo no Titanic era lindo, tudo era sonho até que os sonhos de Tess foram interrompidos assim como de dezenas de pessoas que viajavam naquele navio, mas Tess ainda teve mais sorte: sobreviveu (mas em um bote salva-vidas diferente do da patroa e isso faz diferença na história). 

Obviamente depois do resgate aos sobreviventes toda a imprenssa se virou para descobrir a verdade do que aconteceu e foi ai que uma reporter: Pinky que fica dividida em ser amiga de Tess ou somente a reporter que quer desmascarar a imagem da alta sociedade que não pensa nos menos favorecidos. 

Paralelamente Tess também se vê dividida: em acreditar no que a patroa diz e no que umm...amigo...também sobrevivente conta sobre o que realmente aconteceu no bote salva-vidas que estava (o mesmo de lady Duff, patroa de Tess). Em quem confiar? E para piorar outro sobrevivente que também balançou o coração de Tess aparece.

E no meio à muitas investigações, romance, relações de amizade e de sobrevivência a história acontece. Aviso que grande parte do que esta escrito no livro são fatos reais que a autora usou para contar a história de Tess (no final do livro ela fala exatamente o que é real e o que ela acrescentou pitadas de ficção). 

Um livro que eu li rapidamente pois não conseguia deixá-lo de lado, eu precisava saber o que tinha acontecido. O final foi lindo, apesar de eu ter desejado um pouco mais de emoção, mas ai fugiria demais da realidade. Livro lindo que recomendo e que dei 4 estrelas. Vale a pena conferir. 







6 Comentários

  1. Olá, Fer! Nossa, esse livro parece ser fascinante! Gosto de leituras que cativam a nossa atenção. Livros com pano de fundo histórico costumam me atrair, principalmente quando apresentam esse período da "Belle Époque" em decadência. Me deixou curiosa esta parte: "Paralelamente Tess também se vê dividida: em acreditar no que a patroa diz e no que umm...amigo...também sobrevivente conta sobre o que realmente aconteceu no bote salva-vidas que estava (o mesmo de lady Duff, patroa de Tess)." Opa, espero ler a história para identificar se este personagem era mais do que um amigo ;) e para descobrir a versão que a Tess deveria confiar. Grande abraço! Taty. http://tatycasarino.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você e seus comentários maravilhosos cheios de reflexão. Realmente é o tipo de história que você ia adorar!!

      Excluir
  2. Não conhecia a autora nem o livro, e pela sua resenha parece ser uma história envolvente. Não é meu estilo de história favorito, mas fiquei curiosa pelo desenrolar da história.

    Blog Profano Feminino

    ResponderExcluir
  3. OI Fê
    Parece ser uma história muito interessante, gostei da premissa e que se trata de fatos reais e ficção. Quero ler.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Gente, que capa maravilhosa é essa?! Amei a capa, o enredo e a resenha. Tu me deixou com muita vontade de ler esse livro amiga. Amei a dica! <3
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Fernanda! Tudo bem? Adorei a resenha e a premissa do livro, mas não sei se leria "A Costureira". Algo me diz que não iria gostar da obra! :(

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário!