Categorias:


Oi meus amores, tudo bem com vocês?!

Enfim, estou de férias da faculdade (iupii), e de agora em diante pretendo por tudo em dia!!

Hoje eu venho comentar com vocês sobre uma leitura que eu fiz esta semana, um livro Infanto -Juvenil muito amor, e que tem uma história tocante.


Temporada de Segredos
Sally Nicholls

Temporada de Segredos

Sinopse
Perdida de sua irmã, Molly vê um rapaz sendo caçado numa floresta. Aterrorizada, ela tenta ajudá-lo e sente compaixão. Voltando para a casa de seus avós, conta a todos o que ocorreu, mas quando procuram o homem ferido, não o encontram e atribuem a imagem à fértil imaginação da menina. No dia seguinte, numa velha igreja, Molly percebe, surpresa, que o rosto daquele misterioso rapaz está esculpido em uma coluna. Quem seria ele? No desenvolver da história, nos envolvemos com o misto entre mistério e magia que envolve aquela noite de perseguição, ao mesmo tempo em que nos sentimos comovidos pela triste histórias das irmãs, órfãs de mãe e levadas pelo pai para serem criadas pelos avós. Vemos o texto se desenvolver pela ótica de Molly, o que nos leva a imaginar o mundo dela, como uma criança. Ao mesmo tempo, o livro nos faz lembrar das fábulas de infância que tanto admirávamos e nos causa grande impacto, pelo fato de alguém tão jovem ter que lidar com algo tão complexo como a doença e a morte da mãe. 


Eu já tinha visto este livro por aí, mas não sabia exatamente do que se tratava. Quando fui à livraria comprar um presente de amigo secreto, vi este livro em promoção e me apaixonei pela capa, não pude deixar passar, assim que cheguei em casa já comecei a lê-lo e fiquei encantada com a história.

Molly e Hannah estão passando por uma fase bem delicada, perderam a mãe, e tiveram que ir morar com os avós, pois seu pai não tinha condições de cuidar delas, trabalhando como jornalista. Mas tudo que as duas irmãs querem, é voltar para casa.

Numa noite as irmãs resolvem fugir em meio a uma tempestade, Molly se perde da irmã e vê um homem caído, parece ferido. E no outro dia ela torna a vê-lo. O mais interessante é que a professora conta a história da lenda do "Homem Carvalho", e a partir daí Molly faz ligações da lenda com o homem que ela encontrou.

Molly conta em casa a existência do homem no celeiro, mas ninguém acredita, ela sempre foi de inventar histórias, então para a sua família tudo é invenção da sua cabeça.

Fiquei muito tocada por toda situação que as irmãs estão vivendo, é palpável a tristeza das duas, em relação à perda da mãe, e a falta que sentem do pai, e tem também toda a situação com os avós. 

Tudo que Molly quer é que sua família ajude o homem do celeiro (que é arvore, tem poderes mágicos), que está em perigo, fugindo do Rei Azevinho.

Confesso que eu não conhecia a lenda do Rei Carvalho e Rei Azevinho, e fui pesquisar na internet. 

Segundo a lenda todos os asnos os Reis Carvalho e Azevinho, lutam pelo domínio da floresta.  Após o Solstício de Verão o Rei Azevinho vai enfraquecendo o Rei Carvalho, e este, aos poucos vai sucumbindo ao Outono e ao Inverno. Assim os celtas explicavam as mudanças das estações.

Fiquei encantada por toda essa história emocionante que a autora criou, tendo como pano de fundo essa lenda. A história é praticamente um conto de fadas, e nós mesmos ficamos nos perguntando se de  fato é tudo invenção de Molly, uma forma talvez de superar toda a sua dor?

A história é narrada por Molly de uma forma tão tocante e emocionante, que conseguimos sentir tudo que a menina sente. Sei que posso estar me repetindo, mas é que leio poucos livros como este. Muitas vezes pensamos que livros infanto-juvenis são para crianças, mas não é não. Gente eu fiquei emocionada e tirei muitas mensagens dessa história, tipo de livro que deveria ser lido por todos.






8 Comentários

  1. Olá,Olá.
    Não conhecia o livro, achei bem interessante e a arte da capa linda!
    Fiquei curiosa em relação a leitura.
    ps;Adorei seu blog!

    http://blogexplicita.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Nessa! Tudo bem? Ah, que capa linda! *---* E a premissa do livro é tão bacana! Fiquei super curioso para conhecer a história que a Molly conta! rs Espero ler o livro em breve. Adorei a resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Amigaaaaaaaaaaaaa que capa maravilhosa é essa? Sério, estou encantada! Além disso, o enredo é muito interessante. Gostei para caramba dessa dica! <3
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá, Vanessa.
    Eu também compraria esse livro pela capa. Linda demais. E adoro livros com lendas e se a história é um conto de fadas, que amo, é claro que já me interessei em ler. Gosto muito de livros assim, que ficamos sem saber exatamente se é realidade o que está acontecendo.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Oi! Tudo bem contigo, guria?

    Puxa, gostei muito da sua resenha. Estou de olho nesse livro há tempos, só que não costumo ver promoções dele por aí. Foi muito bom ter me lembrado; vou atualizar a minha listinha do Skoob agora!

    Um beijo,
    Doce Sabor dos Livros docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Nessa, eu também finalmente estou de férias e graças a Deus poderei colocar as postagens em dia...
    Eu já li um outro livro desta autora (Como Viver Eternamente) e é um dos meus livros favoritos, quero muito ler este também e acredito que va gostar bastante.

    Beijo, Vanessa Meiser - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia essa lenda mas apesar disso adorei a sinopse, a temática do livro. Acho uma fofura diferente essa capa.

    ResponderExcluir
  8. Olá...
    Não conhecia o livro, achei a capa linda e a história parece fofa.
    Parabéns pela resenha.

    Beijos
    Amanda Elias
    blog-emcomum.blogspot.com.br
    Twitter - @blogemcomum / Insta - @blogemcomum / Fanpage Em Comum

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário!