Categorias:


Oi meus amores, tudo bem?

Para quem está acompanhando as últimas postagens, eu estou fazendo uma "Maratona Literária", aproveitando meu tempo livre para ler mais do que estou acostumada, aproveitando que estou de férias da faculdade, e hoje já começo as resenhas desta minha primeira semana de Maratona. Meu ritmo está melhor do que imaginei, pois já estou lendo o terceiro livro desta maratona. Bora conferir.



Talvez Um Dia
Collen Hoover

Talvez Um Dia
Sinopse
Um dos livros mais comentados de 2015, nos Estados Unidos, este é mais um sucesso arrebatador de Colleen Hoover, autora das séries Slammed e Hopeless.
Sydney acabou de completar 22 anos e já fez algo inédito em sua vida: socou a cara da ex- melhor amiga. Até hoje, ela não podia reclamar da vida. Um namorado atencioso, uma melhor amiga com quem dividia o apartamento... Tudo bem, até Sydney descobrir que as duas pessoas em quem mais confiava se pegavam quando ela não estava por perto. Até que foi um soco merecido. Sydney encontra abrigo na casa de Ridge. Um músico cujo talento ela vinha admirando há um tempo. Juntos, os dois descobrem um entrosamento fora do comum para compor e uma atração que só cresce com o tempo. O problema é que Ridge tem uma namorada, e a última coisa que Sydney precisa agora é se transformar numa traidora.

Por incrível que pareça, eu ainda não havia lido nenhum livro dessa autora, e já fazia tempos que eu queria conhecer a escrita de Collen Hoover, pois sempre vejo ótimos comentários sobre seus livros. O livro atingiu as minhas expectativas, foi uma leitura intensa e gostosa, tipo de livro que lemos sem parar, e a cada virada de página suspiramos, mas ainda sim tenho algumas ressalvas.

Sydney é uma garota que está completando 22 anos, ela mora com Tori, sua melhor amiga dividindo um apartamento, estuda música contra a vontade dos pais, que gostariam que ela cursasse direito na faculdade. Tem um relacionamento sério de anos com o Hunter, mas o que ela não imaginava era que Tori e Hunter tinham um caso, e isso tudo acontecendo bem de baixo dos seus olhos. 

Quando tudo desmorona, bem no dia do aniversário de Sydney, ela fica sem onde morar, e por não querer voltar para casa dos seus pais, acaba ficando no apartamento de seu vizinho Ridge. Os dois já se conheciam de vista, pois sempre que Sydney saía para sua varanda, ela o via tocando violão na varanda do apartamento dele, e ficava admirada com seu talento e amor pela música.

Sydney e Ridge formam uma bela dupla musical, pois enquanto Ridge tocava suas melodias, Sydney escrevia letras para suas músicas, e os dois juntos se completavam na música. Era tudo que Ridge precisava, já fazia algum tempo que ele estava com bloqueio e não conseguia mais escrever.

Acho que não preciso nem dizer o que acontece, aos poucos os dois começam se envolver, um sentimento começa surgir. A atração que os dois sentem é quase que inevitável, mas os dois começam a lutar contra isso, como se fosse algo errado, eles não podem se envolver, e Sydney ainda estava se recuperando da traição e término do namoro. Mas o pior ainda está por vir, Ridge tem uma namorada, a Maggie, e quando isso vem a tona, é como se o mundo de Sydney desmoronasse de vez.

O pior de tudo isso foi acompanhar o sofrimento de Ridge, e eu mesma não conseguia compreender tal sentimento. Ele estava apaixonado por Sydney e alegava ser apaixonado por Maggie sua namorada, e vivendo essa confusão de sentimentos ele não tomava uma decisão, uma posição, pois algo o impedia de terminar com a namorada. (Leiam para saber)

Gente, eu fui contra a muitas coisas que li nesta história, me sentia contrariada o tempo todo, muitas atitudes que os personagens tiveram eu não concordei, e talvez por isso eu não tenha favoritado o livro. Confesso que não me afeiçoei aos protagonistas, acho que de certa forma eu acabei julgando Sydney por suas atitudes diante da situação da traição (larga o emprego e facul, pra ficar em casa chorando, o que é isso??) E logo em dias, semanas ela já está apaixonada por outro (Que tem namorada), e arranja mais problemas. Confesso que isso me incomodou muito. O próprio envolvimento entre os dois me incomodou (não agiram de uma forma coerente), por mais que não possamos mandar nos nossos sentimentos, nas emoções, tudo poderia ter sido diferente. (Me perdoem, mas é minha opinião).

A partir daí a história fica na luta contra os próprios sentimentos, eles sabem o que é certo ou não. A própria Sydney acaba se comparando com os traidores Hunter e Tori, e ela não quer ser como eles, mas ao mesmo tempo ela não toma uma atitude. Os dois querem tentar ser "amigos", vivendo na mesma casa. (complicado....)

Apesar das ressalvas, e de me sentir contrariada eu me via torcendo pelos dois, porque apesar de tudo eu queria que a Sydney fosse feliz (que louco isso), e me vi torcendo para que o Ridge tomasse uma atitude e ficasse logo com Sydney, eu queria um final feliz para os dois. (Não vou contar...)

E foi essa junção de sentimentos que o livro me fez sentir ao longo da leitura, que eu pude perceber porque a autora é tão comentada. A história foi envolvente, leitura fluída, nos desperta sentimentos, e ao mesmo tempo queremos desvendar todos os segredos e ver como tudo irá acabar. 

Foi uma leitura intensa, gostosa, e apesar de eu não ter sido conquistada, fiquei com muita vontade de ler os outros livros da autora.


E vocês, já leram este livro?? Me contem aí nos comentários o que acharam!!



9 Comentários

  1. Gostei da resenha Nessa. Amo a escrita da Colleen Hoover e apesar das suas ressalvas, desejo muito ler este livro. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Vanessa,

    Eu também tenho muita curiosidade em ler um livro dela, são muito comentários positivos e esse livro está bombando, sua resenha me deixou curioso e espero poder ler....bjs.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. É tão chato quando a personagem principal faz umas coisas meio toscas, né? Te entendo haha ainda não li o livro, mas tenho vontade de conhecer a escrita da autora, vejo muita gente elogiando!
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com ♡

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Não li o livro ainda, mas confesso que estou morrendo de vontade, pois todo mundo está falando muito bem dele. Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  5. Olá, Vanessa.
    Gostei bastante da sua resenha, pude ver um outro lado do livro que até agora só tinha visto as partes boas. Mas a autora merece os elogios sim. Quando um autor consegue nos fazer sentir tanta coisa lendo o livro, ele merece ser elogiado.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Ai Nessa, eu sou uma verdadeira E.T. em matéria de Colleen Hoover, acredita que nunca li nenhum livro dela?? Pois é, vergonha total, rsrs. Eu começaria por qualquer um até mesmo por este, aliás, já vi outras resenhas que também não era assim tãaao fãs do livro... mesmo assim pra mim tá valendo para pelo menos desencantar né.

    Bj, Van - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, Vanessa!

    Também estou participando de uma maratona, mas ao contrário de você meu ritmo está fraco. Sobre o livro, foi meu primeiro contato com a autora também e amei. Li o livro há um ano, quando ainda não tinha sido lançado aqui, e logo me viciei na escrita da Colleen, terminei o livro na madrugada e depois já estava lendo o conto Maybe Not. Hoje em dia tenho sede de Collen Hoover haha.

    Beijo!

    apenasumaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ameeeei sua resenha amiga! Eu gostei muito desse enredo e fiquei com vontade de conhecer essa história, ela me pareceu ser bem interessante.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/2016/07/previa-do-livro-o-ano-em-que-te-conheci.html

    ResponderExcluir
  9. Oi, Nessa! Tudo bem? Nossa, já vi que ia odiar essa Sydney! hahahaha Mas mesmo com ela, o livro parece ser legal. Adorei a resenha! <3

    Abraço

    https://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário!