Categorias:


Olá pessoal, primeiro mês do ano, como estão com as metas? E com os desejos? 
Pois hoje vamos falar de desejos, quantos são desnecessários?

Aproveitem a música clicando no play no final do post (música que particularmente gosto muito) e ótima leitura.
Sugestões de temas (e também de músicas que vocês gostam, quem sabe uma delas não aparece como música tema de algum post... ) deixem nos comentários.
************
Qual o tamanho do seu desejo?

Quando você ataca a geladeira ou o armário da cozinha está mesmo, DE VERDADE, com fome?

- Quando você sai comprando tudo o que vê e colocando no cartão de crédito você compra só o que precisa? E desses itens: gosta DE VERDADE de todos?

- Quando você compra algo para ter de estoque em casa (normalmente produto de beleza ou maquiagem) você precisa DE VERDADE ter em estoque? Ou pode esperar acabar ou esperar ver o produto que esta usando ficar bem no finalzinho para comprar? Esse produto é tão raro achar que você precisa ter em estoque em casa?

- Quando você compra um refrigerante você quer DE VERDADE tomar ou pede só por uma questão de mania mundial?

Imagem relacionada
- Quando você é estúpido com alguém, você DE VERDADE, queria ter essa reação ou poderia respirar, contar até 10, 20, 1000 e tratar a outra pessoa com mais educação?

-Quando você sai de casa dirigindo (e atrasado) precisa DE VERDADE costurar o trânsito (colocando sua vida e a dos outros em risco) ou pode chegar atrasado seja no quer for, pedir desculpas e na próxima vez sair mais cedo de casa? O compromisso é tão importante a ponto de, se chegar atrasado você perder sua vida?

- Quando você sai tagarelando sem parar tudo de sua vida, você DE VERDADE, tem que relatar sua vida para todo mundo ou pode contar apenas para quem confia?

São inúmeros exemplos que poderiam ser citados. Nessas perguntas procuro pensar no meu nível de desejo de todas as minhas atitudes.

Muitas vezes comemos o dia todo em casa só porque temos coisas gostosas no armário, mas na maioria das vezes estamos satisfeitos e nem precisamos comer nada, conhecem gula?
 Resultado de imagem para vontade tumblr
E quantas vezes quando saímos de casa...indo de ônibus quase enfartamos na parada por cada minuto em que o ônibus não aparece vindo lá longe. Indo de carro dirigimos como doidos...indo de táxi colocamos uma pressão imensa no motorista...e isso por quê? Porque em grande parte das vezes nos enrolamos com coisas desnecessárias para o momento. Para costurar o trânsito ou para colocar pressão no motorista do táxi, vale quando nós estamos passando mal e precisamos de um hospital (mas ai gente, pelo amor de nossa senhora dos sem noção: não dirigem tá?), ouu vale para quando estamos com alguém passando mal precisando urgente de um médico (mas ai costure o trânsito de forma cuidadosa, buzinando e gritando "Pessoa passando mal!!!"). Em qualquer outro caso prefira chegar atrasado, tomar vergonha na cara e na próxima vez sair mais cedo de casa.

Gente perdida desse mundo (me incluo no grupo): vamos pensar melhor na real necessidade de TUDOOOO o que queremos e em TODASSS as nossas atitudes!!!
Grande parte de nossas ações e desejos são tão superficiais que só perdemos energia neles em vez de focar no que queremos de verdade. Analisando melhor nossos desejos e ações vamos diminuir:

- o consumo;
- gastos desnecessários;
- pessoas magoadas com patadas nossas;
- número de acidentes de trânsito;
- fluxo de energia negativa rondando os ares e por ai vai....

Resultado de imagem para mudança tumblr 
Tem uma frase que adoro: "A sua urgência não é necessariamente minha prioridade", o que nesse caso atual do post eu mudaria para uma pergunta: "a MINHA urgência é de verdade uma necessidade?"

Vamos pensar e mais importante: mudar DE VERDADE!!




38 Comentários

  1. Respostas
    1. Olá Cristiano!
      Mas sempre é tempo de melhorar...pense nisso.

      Excluir
  2. Oi, Nanda!
    Menina, confesso que algumas vezes ataco a geladeira porque estou entendiada mesmo. Mas quanto a aquisições, ultimamente ando comprando só o que quero.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luiza,
      Vez ou outra atacar a geladeira...porque não né? Mas precisamos cuidar quando isso vira algo compulsivo. Bju grande!!

      Excluir
  3. Nossa, esse texto me tocou profundamente e me fez refletir bastante. Eu concordo plenamente contigo, na maioria das vezes nós acabamos agindo por impulso e fazemos coisas que não eram realmente necessárias naquele momento. Precisamos pensar mais antes de agir e fazer coisas que vamos nos arrepender no futuro.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/2017/01/top-7-novidades-da-semana_20.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gabriela.
      Adorei seu comentário e concordo muito com você. Precisamos refletir mais nas nossas atitudes. Bju enorme!!

      Excluir
  4. Adorei o texto, impossível não se identificar com algum ponto citado. Ótimo pra refletir sobre muitas das nossas ações e reais necessidades :)

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pri! Fazer cada um refletir era minha intenção. Precisamos sair do modo automático de viver. Apareça sempre. Grande bju

      Excluir
  5. Amei, ficou bem expressivo e eu super me identifiquei.
    Meus parabéns!
    Art of life and books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Art!!! Feliz por te ver por aqui.

      Excluir
  6. Adorei a reflexão que o seu texto trouxe! Acho que, felizmente, só me aplico a uns 2 desses desejos. O de comer e o de acabar sendo grosso com as pessoas quando poderia muito bem respirar fundo e se controlar. Sou bem teimosa e as vezes mau humorada, então principalmente com a família, quando vou ver, já falei e depois me arrependo. Mas acho que por trás de toda atitude existe um mar de explicações. O consumismo que nos faz se sentir bem, a gula que também nos preenche de prazer. Mas você disse tudo no texto. Se avaliarmos o que realmente desejamos, podemos diminuir muito as outras coisas e, quem sabe, encontrar assim uma maneira de continuar se sentindo bem.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol: arrasou no seu comentário!! Acredito muito que por trás de toda atitude nossa há uma explicação e muitas vezes o real motivo de agirmos de tal maneira é um problema que precisa de atenção. De qualquer forma a reflexão que quis trazer com esse texto é justamente para identificarmos os "parafusos frouxos" e buscarmos consertos. Abraço enorme

      Excluir
  7. ... boa reflexão! Me identifiquei no texto. Abraço! :)

    ResponderExcluir
  8. Ótima reflexão! Sobre alimentação, eu tenho uma dica que aprendi vendo uma entrevista com Ney Matogrosso, um dos artistas que mais admiro. Ele disse que sempre sai da mesa com um pouquinho de "fome", ou seja, jamais com a barriga estufada. Sobre tagarelar, eu aprendi com a arte da escrita que a poesia mais bela é o silêncio e que, dentro de nós, há todas as respostas. Só quebro o silêncio se o que eu for falar é realmente tão belo quanto ele ou necessário de ser dito. Sobre reduzir exageros, eu aprendi com o meu pai que é preciso ter autocontrole e evitar desperdiçar energias. Maquiagem eu uso tudo, compro quando preciso mesmo. Celular eu só troco quando está muito velho ou quebrado. A única coisa que sou exagerada é no quesito emocional, pois tenho reações exageradas diante de situações pequenas. Tento trabalhar esse lado emocional há anos, e estou no caminho do progresso. Sobre gentileza no trânsito, sugiro a música "Rua da Passagem" de Ney Matogrosso. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amiga linda!! Que comentário arrasador!! Adorei.
      Gostei da tática do Ney Matogrosso, até porque comer de menos faz mal e de mais também. Sua passagem >> eu aprendi com a arte da escrita que a poesia mais bela é o silêncio e que, dentro de nós, há todas as respostas << muito lindo, muito verdadeiro!! Evitar desperdiçar energias é algo que estou trabalhando e estou gostando dos resultados. Comprar produtos de beleza só quando precisamos também é libertador, pois o dinheiro que deixamos de gastar a toa sem precisarmos podemos investir em tantas outras coisas que nos dão alegria ou mesmo até guardar, porque não? Emoções...essas é difícil de controlar mas veja você, tão equilibrada em tantas coisas... tem que ter um desafio né? heheheh, e o bom que sua emoção te levou para coisas belas e não para caminhos tortuosos. Conferi a dica de música e gostei muitooo, deixo aliás o link dela aqui para quem mais quiser conferir: https://www.youtube.com/watch?v=EtGkbAPlTX4

      Obrigada pelo maravilhoso comentário.

      Excluir
  9. Oii Nessa

    E assim é o ciclo, fazemos muitas coisas automaticamente, sem parar para realmente se perguntar se realmente queremos aquilo, quantas atitudes, palavras e hábitos a gente adquire sem nem se dar conta né?
    Esse ano espero mudar em umas quantas coisas, esse é um dos desejos que eu quero mesmo. e quanto ao hábito de comprar? Vamos vai, um pequeno prazer de vez em quando é animador... haha

    Beijos

    Alice and the Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alice,

      Nessa é a dona do blog, no final de cada post há sempre o nome de quem o escreveu, no caso das crônicas sou eu, Fernanda, quem escreve.

      Com certeza comprar algo é animador sim, eu mesma gosto muito, mas o problema é quando vira compulsão né... Super energias positivas para você mudar todos os hábitos que acredita serem necessários, nos conte depois o andamento das mudanças.

      Bju e volte sempre

      Excluir
  10. Oi Fernanda, tudo bem?

    Acho que não preciso enaltecer o quanto adoro as suas crônicas e o quanto elas sempre me levam a refletir e muito sobre os mais diversos assuntos.
    Quanto a sua pergunta~: Não! Minha urgência não é uma necessidade, é apenas uma forma de satisfazer aquele desejo que todos nós seres humanos possuímos, desejo esse que acaba entrando na frente de muitas outras coisas.
    Eu senti que muitas coisas que você escreveu eram direcionadas para mim, pois sou aquela que consome sem precisar, come sem estar com fome e de vez em quando solta umas patadas horríveis com aquelas pessoas maravilhosas. Quanto as demais coisas, não me encaixo em nada e isso é um alívio. Vou tomar esse texto como um puxão de orelha e tentar mudar!

    Beijos,

    Gnoma Leitora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alice..

      Tu não sabe o quanto fico feliz por sua presença constante aqui. Isso me alegra demaisssss. Gratidão, gratidão, gratidão.

      Que alegria saber que meus textos estão te ajudando a refletir...quantas coisas que precisamos arrumar em nós mesmos mas não conseguimos identificar sozinhos. Mas sempre haverá quem vai nos ajudar a ver o que está na nossa frente, sempre haverá quem vai nos dar a mão e ajudar a mudar. Conte comigo nessa linda caminhada da sua vida!!!

      Bjussss cheios de carinho

      Excluir
  11. Olá,
    Adoro seus textos, é bem dificil não se identificar com algo, achei muito reflexivo sua frase ''a MINHA urgência é de verdade uma necessidade?'' me fez questionar algumas coisas.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jéssica!!

      Como é bom ver que meus textos estão tirando todos vocês no modo automático e ajudando todos a pensar, refletir sobre suas próprias vidas... pronto, já atingi meu objetivo, hehehehhee.

      Lindo final de semana. Gratidão por aparecer sempre por aqui.

      Excluir
  12. Nossa, tipo foi meio que um tapa na minha cara! Gasto muito com livros (mesmo quando não posso), sendo que ainda tenho muitos e não lerei o que comprar neste momento.

    Mas, mesmo que eu tenha esse defeito (estou tentando melhorar, juro!), concordo com você! Em tudo! No consumo, na pressa, nas patadas. Precisamos melhorar para que tenhamos um mundo melhor!

    http://www.magiaesonhar.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Magia é Sonhar,

      Sobre comprar livros mesmo tendo uma lista de não lidos na estante: eu presente!! Hehehehe. Eu também tenho defeitos e muitas vezes o que escrevo serve para minha própria reflexão. Mas o importante é buscarmos o equilíbrio, perfeitos não seremos mas melhores que do ontem...isso seria maravilhoso.

      Excluir
  13. Que texto lindo e marcante.
    Sonhos, desejos, vontades... É um tema bem marcante para mim.
    Adorei.
    Beijo
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alessandra!! Que bom, espero que esse texto te ajude de alguma forma.
      Muito obrigada por seu comentário, ele é muito importante.

      Excluir
  14. Que reflexão maravilhosa. Se pensarmos um pouco no que é realmente importante para nós. No que realmente vale a pena e em como gostaríamos de ser tratados com certeza o nosso ano, ou melhor a nossa vida ficará mais leve, mais feliz e menos dolorosa com algumas coisas.
    Super beijo e aguardo mais posts assim.

    meumundosecreto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vanessa,

      Ótima observação, precisamos pensar em como gostaríamos de ser tratados, essa deveria ser a premissa de toda a nossa ação.

      Pode aguardar que toda a sexta feira terá crônicas por aqui, as de Fevereiro já estão prontinhas. ;)

      Excluir
  15. Oi, Fernanda!
    Mais uma vez amei o seu texto. Concordo com a reflexão que você propôs e já faz alguns anos que venho a aplicando na minha vida. Quando colocamos nossos desejos em um plano maior, percebemos o quanto não nos é necessário. A cada vez que penso dessa maneira, me vejo ficando mais leve :) Beijinhos, Beatriz.

    O Diário de uma Escritora Iniciante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo comentário Beatriz!!! Adorei. Volte sempre.

      Excluir
  16. Oi Fernanda, tudo bom? Adorei a reflexão que o texto trouxe, eu mesma sempre compro as coisas por impulso, sem precisar, e muitas vezes elas ficam sem usar. Tenho que começar a controlar isso, antes que fique fora de controle. Amei o texto <3

    Beijos
    https://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sarah,
      Todos nós em algum momento compramos por impulso, mas é começar o controle com pequenas coisas, aos poucos pois só assim vamos nos fortalecendo e conseguimos equilibrar nossos desejos e necessidades. Volte sempre!

      Excluir
  17. Muito nos perdemos por muita ambição.
    Sábio texto minha linda, precisamos mesmo refletir quais são os verdadeiros desejos.
    http://quetal-carol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ambição que nem percebemos que temos, mas precisamos ter noção da realidade que nos cerca. Volte sempre Carol

      Excluir
  18. Gostei do senso crítico no texto e me peguei reavaliando sobre as escolhas que faço no dia-a-dia. Nos EUA eles dizem que uma emergência da sua parte não constitui uma urgência da minha.
    Acredito que essa pressa desenfreada vem de um cultura onde a gratificação imediata é um conceito muito velado. As pessoas analisam o bem querer de alguém por uma pessoa pelo tempo que elas levam pra responder um torpedo ou uma mensagem de zappi, quanto tempo elas vão ter que esperar para transar com o novo namorado, entre outras coisas. O que vemos hoje é uma geração que não tem paciência pra nada mas cobra paciência de todos.
    Beijos!
    www.vivendolaforanoseua.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoreiiii seu comentário Gisley!! Sobre >> uma emergência da sua parte não constitui uma urgência da minha. << eu que trabalhei um bom tempo com suporte de informática, nós da área, pensávamos assim pois só cada pessoa ou grupo de trabalho sabe o que é mais urgente diante de tantas "urgências de usuários" e isso cabe muito bem para a vida sim, ótima observação!! Sim gratificação imediata por coisas que as pessoas mal lutaram, mal fizeram por merecer. Sua última frase diz tudo (O que vemos hoje é uma geração que não tem paciência pra nada mas cobra paciência de todos. ), é bem isso que acontece, infelizmente. Grande abraço, espero ver mais comentários seus em mais postagens das crônicas, você se posicionou de forma perfeita!

      Excluir
  19. Olá, Fernanda.
    Realmente é bom repensarmos algumas atitudes, alguns impulsos. Melhorar é sempre bom.
    Maravilhoso texto.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de janeiro. Serão dois vencedores, dividindo 4 livros.

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário!