Categorias:

Oie leitores lindos que me deixam comentários mais lindos ainda!
Semana passada eu falei sobre ter atenção plena ao ler e-mails e hoje continuo falando em atenção mas no sentido de ouvir as outras pessoas.
Você costuma ouvir de verdade as outras pessoas quando conversa com elas? 

Clique no play do vídeo no final do post, curta e leitura, compartilhe essa e as outras postagens.
Abraços cheios de energia positiva!


Aprendendo a ouvir
Resultado de imagem para amizade tumblr

Hoje em dia a correria é imensa, a carência de sermos ouvidos também, aliás, será que prestamos atenção nas conversas (ao vivo) com outras pessoas?

Quantas vezes conversamos com pessoas sobre assuntos diversos mas nos sentindo cheios de impaciência porque queríamos sermos ouvidos e não ouvir?
É comum duas ou mais pessoas estarem conversando e cada uma estar falando somente sobre o seu assunto, ignorando totalmente o que a outra pessoa fala. Por exemplo: alguém começa a contar que foi ao médico e terá que usar óculos, a outra pessoa escuta isso e lembra das tantas vezes que foi ao médico e dos tantos óculos que usou. A primeira pessoa continua contando como foi, o que estava acontecendo com ela mas a (o)  parceira (o) de conversa apenas olha para esta e quando abria a boca era para contar suas próprias aventuras oculares. Em momento algum foi dado atenção às informações que cada pessoa falava, mas sim o que mais acontecia era cada um querer se "gabar" mais do que o outro.

Esse é um exemplo que acredito ser bem recorrente no dia a dia de vocês: o de falarmos e não ouvirmos. Sim, todos nós em algum momento fizemos isso mesmo que sem querer. Queremos ser ouvidos, queremos que nossos problemas sejam os mais graves para termos mais atenção, queremos ser destaques tanto em notícias boas como nas más, queremos ser agraciados, mimados, tratados como Deuses (as). Mas porque? Será que todos nós temos carências afetivas, carências de não nos sentirmos capazes de algo, carência de querermos atenção e não ter? Mas será que não ouvindo os outros não estamos agindo maldosamente? Será que não estamos aumentando "nossa turma dos carentes" deixando traumas em mais pessoas que não estão sendo ouvidas?
Resultado de imagem para ouvir tumblr
Não digo para esquecermos de nós, de nossas vontades, de nossas necessidades, não é isso... estou querendo dizer que talvez enviando ao mundo a atenção plena nas pessoas ao redor podemos receber isso de volta. Acredito muito em: recebemos aquilo que enviamos. De repente para sermos ouvidos precisamos primeiro aprender a ouvir. Para as pessoas terem paciência conosco precisamos primeiro ter com elas, para sermos completos precisamos ajudar a completar a vida das pessoas ao redor.

Quem já tentou escutar de verdade o que a outra pessoa está lhe contando? Pois desafio todos vocês a fazerem isso. Tentem com a próxima pessoa que puxar conversa com vocês, ouçam o que ela tem para falar (mesmo que no início você acredite que não está gostando do assunto), preste atenção, faça perguntas sobre o que ela está lhe contando, questione, ajude a pessoa a pensar por meio de novas perspectivas, provoque ela a refletir mais sobre o assunto e por mais chato que seja o assunto com certeza algo de bom terá saído dessa atenção plena aí: ou você terá ajudado a pessoa a pensar sob novos ângulos ou você terá aprendido uma coisinha nova e com certeza... essa pessoa vai se sentir bem estando com você dando atenção plena a ela. 

Mas isso não exclui a oportunidade de você fazer complementos contando alguma experiência sua, claro que pode fazer mas de maneira moderada sem querer chamar a atenção toda para suaaa história. Também não digo para vocês darem corda para aqueles assuntos sobre vida alheia, esses eu apoio um posicionamento firme do tipo: fofocas não é do meu interesse, prefiro usar meu tempo para ter conversas mais produtivas.  
Resultado de imagem para amiga tumblr
Sobre termos atenção plena nas conversas feitas pessoalmente com outras pessoas me refiro a conversas que não sejam de fofocas mas sim as que são de interesse de uma das partes, muitas vezes um de nós está precisando contar algo e se quem nos ouvir fizer de verdade terá valido a pena a conversa. Mas o fato é: vamos prestar atenção de verdade no que a outra pessoa está nos contando, se não concordamos em algo vamos usar argumentos e não caras emburradas, se não estamos gostando do rumo da conversa vamos pedir licença e sair ou sugerir outro tema informando sim que não estamos confortáveis com o rumo da prosa. 

Desafio todos a tentarem agir dessa forma e depois vir nos contar o que acharam. Deixo como dica como mudança nossa de comportamento e portanto, um passinho a mais no nosso crescimento como seres humanos.

Quem quer ser ouvido precisa primeiro aprender a ouvir.



14 Comentários

  1. Amazing post, dear! Looks wonderful :)
    Hugs ♥
    LIANA LAURIE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thank you very much for the comment! Hugs !!!

      Excluir
  2. Oi Fernanda,
    Uma ótima reflexão. Parabéns pelo texto.
    Devemos ser pessoas melhores. E rever atitudes do dia a dia.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo comentário Alessandra!! Volte sempre.

      Excluir
  3. Oie, Fernanda!

    Concordo totalmente com o seu texto. Acho que se tornou algo automático pensarmos nos nossos próprios exemplos de vivência quando estamos conversando com alguém, e geralmente parece uma disputa de comparações, uma disputa para ver quem sofre mais, e por aí vai. Mas é importante parar e prestar atenção no que o outro está falando, compreender pelo que está passando. Como queremos ser ouvidos se não nos damos a oportunidade de escutar o próximo também?

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Arrasou Carol no comentário!! Concordo com o que você disse. Gratidão por ter vindo aqui. Volte sempre.

      Excluir
  4. Gostei da crônica Fernanda. Acredito que o fato narrado é uma recorrente na vida de todos nós. Serve para nos policiarmos e também para dar um toque naquele amigo que adora posar de vítima. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí Nessa. Gratidão pelo comentário!!!bjuu

      Excluir
  5. Olá, tudo bom? Adorei o texto, traz uma ótima reflexão sobre nossas atitudes do cotidiano.

    Beijos
    Resenha Atual

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Sarah pelo comentário. Volte sempre!!

      Excluir
  6. Você está escrevendo cada vez melhor! E este assunto é um assunto delicado e importante. Parabéns pela coragem em falar sobre a importância de ouvir bem. É um exercício de solidariedade e humanidade. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uauuu, gratidão amiga pelo elogio quanto minha escrita. Elogios vindos de você são por demais importantes para mim. Eterna gratidão por estar na minha vida. Bjuss

      Excluir

Não esqueça de deixar seu comentário!