Categorias:


Olá pessoal, como estão?  Como estão superando os desafios de todo dia? E os medos? Vocês estão lembrados da primeira crônica do ano onde eu falei sobre superar limites? 
Quem foi "tocado" pelo texto está superando seus limites mesmo ou a vontade ficou só na leitura? 

Hoje venho falar de algo bem interligado com a superação de limites: venho falar sobre medo. O tema de hoje foi sugestão feita pela minha amiga querida que sempre comenta aqui, a Taty Casarino. Esse tema rende várias postagens, mas hoje começo a falar um pouquinho sobre esse assunto tão delicado quando trata da vida da gente. Outras postagens virão.

Quem tiver sugestões de temas para as crônicas deixe nos comentários. Agora cliquem no play e boa leitura à todos.

Abraços com muita energia positiva.

*******

Medo e Superação

Resultado de imagem para mulher pensando na vida

O que mais te limita na vida? O que te impede de fazer muitas coisas que gostaria? Por que essas coisas te impedem de ser você mesma? 

Acredito que para a maioria das coisas o que impede de ir adiante é o medo.

Medo tem duas caras: uma que é de nos preservar a vida, de nos impedir de fazer loucuras que podem custar nosso lugarzinho nesse mundo e outra que é o simples receio de sermos quem somos e é desse lado que quero falar hoje. 

Quantas vezes sentimos medo de sermos quem somos de verdade? Quantas vezes nos escondemos das pessoas por sermos acima do peso, ou muito magros ou muito altos? Quantas vezes sentimos medo de falar do que gostamos, de ser quem somos? Esse medo nos limita demais, nos impede de viver. 

Obviamente que hoje em dia temos dezenas de motivos para sentir medo: de assalto, de acidente, da crise econômica, de temporal (pelo menos aqui no sul o povo anda ressabiado com tanto temporal), etc. Tudo bem, mas não podemos deixar que esse medos nos impeçam de viver. 

Quanto às situações que não podemos controlar diretamente (assaltos, acidentes, temporais, crise, ...) temos a saída de nos precaver da melhor forma e confiar que nada nos acontecerá, energia positiva faz bem, porém, quanto às situações que podemos sim, que temos poderes sim de influenciar muito diretamente (medo de falar, de ser quem somos, de ir atrás de um sonho, etc), esses nós temos o dever de enfrentar porque é da nossa vida que estamos falando, é de nosso bem estar que estamos tratando e ninguém vai ficar aqui nesse mundo para semente não. 
Resultado de imagem para mulher sentada pensando no amor
Medo com certeza é mais complexo do que imaginamos ser, medo pode ser um sentimento bem escondido dentro de nós por uma situação que tenhamos vivido há muitos anos e que nos machucou e isso pode ser algo simples como uma frase inocente que alguém nos disse mas que causou grandes estragos em nós. Precisamos ter a força, e temos essa força sim, de procurar dentro da gente o que alimenta esses medos, precisamos descobrir a origem para poder enfrentar e melhorar, e nos curar. Ninguém precisa saber quais são nossos medos, ninguém precisa saber a origem deles mas, nós sim precisamos saber disso...quem quer dar um passo rumo à superação, precisa sim fazer isso. 

Quantas pessoas tem o prazer de esculachar os outros, de humilhar, de rir da cara dos outros da pior maneira possível...quem passa por essas situações nunca esquece mas não podemos ter medo disso!! Precisamos aceitar que somos pessoas diferentes, com personalidades diferentes e que ninguém tem o direito de tirar nosso bom humor, nossa alegria, ninguém tem o direito de destruir nossa personalidade. Precisamos enfrentar esse medo e ser sim quem queremos ser, precisamos ter mais orgulho de quem somos pois somos únicos. Precisamos superar essas barreiras internas, precisamos antes de qualquer outra coisa que se julgue urgente: precisamos enfrentar nossos medos internos e superar nós mesmos antes de qualquer coisa, pois nada é mais importante, nada é mais espetacular do que sermos quem somos de verdade e mostrar para o mundo que somos felizes dessa maneira.
Imagem relacionada
Claro que sempre temos o que melhorar, o que corrigir em nós mesmos, temos defeitos, temos bloqueios mas só o fato de admitirmos nossos defeitos, de irmos atrás do conserto deles, só o fato de termos orgulho de sermos seres imperfeitos em busca de amadurecimento....isso basta para mandar qualquer medo embora. 

Trabalhar com nossos medos internos pode ser libertador e a sensação ser algo inesquecível. Superar nossos medos é mais do que um simples desafio: são as maiores superações que podemos ter na vida e em toda a caminhada de superação há aprendizados importantes. Aprenda, se supere, seja feliz, seja leve. 



22 Comentários

  1. Amei a crônica <3 Estou passando por uma fase na minha vida onde o medo tem tomado conta. Medo do novo, medo de não ser aceita, medo de não conseguir aquilo que realmente desejo, medo de fazer uma escolha errada... aos poucos eu sei vou superando cada uma delas, mas não é tão fácil :/
    Seu texto ajudou bastante! <3

    http://101livros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Foi um texto lindo, Nessa. Parabéns pela escrita inspiradora.
    O medo trava a g ente né? A gente deixa problemas e dores irem longe demais por medo de saber o que há por detrás daquilo até que quando percebemos esses problemas já estão tão grandes capaz de derrubar a gente. O medo nos impede de fazer tanta coisa; ficamos estáticos parados num lugar confortável nesse mundo tão versátil de mudanças constantes. Quem deixa o medo tomar conta acaba ficando para trás, infelizmente.

    Bjão.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Nessa.
    pelo lindo texto, me fez pensar em muitas coisas que ás vezes eu breco por medo.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  4. Great post dear

    Would you like follow each other? :)
    http://theloth.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá, amiga! Que surpresa boa me deparar com esta Crônica! Obrigada por me citar. Quando sugeri o tema, não imaginei que vc escreveria dessa forma tão linda. Encerrou com chave de ouro o final: "só o fato de termos orgulho de sermos seres imperfeitos em busca do amadurecimento basta pra mandar qualquer medo embora." Linda a música também, uma música que amo. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Adorei a crônica e me identifiquei em vários momentos. Arrasou! Bjs

    www.mayaravieira.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Fernanda,
    Superar os desafios é sempre difícil, mas essa é a graça da vida.
    Quando a pessoa entender que o medo faz parte e é preciso apenas ter coragem, as pessoas vão ser mais felizes.
    Adorei o texto.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu amo as suas crônicas, sempre identifico com elas e essa em especial me tocou muito pois superar os nossos medos é algo muito difícil.
    Mil beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/2017/03/top-5-novidades-da-semana_17.html?m=1

    ResponderExcluir
  9. Olá, Fernanda.
    Eu sofro de ansiedade e o medo está muito relacionado. É medo de tanta coisa, principalmente das coisas não darem certo que prefiro continuar do mesmo jeito em vez de tentar algo diferente. O seu texto é muito bom, e falou bastante comigo.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Lindo texto! Parabéns por usar as palavras de uma forma tão bela para ajudar os leitores do seu blog a superarem seus desafios. Passamos por tantos medos e ás vezes só precisamos de palavras como a da sua crônica. =)

    Abraço!
    http://entremundosliterarios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Adorei o texto!! Super inspirador e reflexivo. O medo nos impede de vivenciar momentos lindos e marcantes. Já perdi a conta de quantas vezes tive oportunidade, quis arriscar, e recuei apenas por medo de dar errado, de não conseguir, de me arrepender. Mas hoje, o único arrependimento que sinto é de não ter feito as coisas que desejei. Arrependimento de ter deixado o medo falar mais alto. Ele é poderoso, mas devemos combatê-lo. Só assim poderemos ao menos falar ~eu tentei.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Texto maravilhoso.
    Ótimo poste.
    Beijos.
    http://vinteedoisdemaio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. "A insegurança não me ataca quando erro...", queria que fosse verdade. :) E o medo de errar novamente?! Medo do novo, do desconhecido, de arriscar: não tem outra saída, é enfrentar, tentar superar... não ficar refém do medo!!! Abraço, Fernanda!!!

    ResponderExcluir
  14. Mais uma vez parece que você está falando de mim em seus textos. Sou uma pessoa muito sonhadora, mas muito medrosa e essas duas coisas juntas não funcionam. É infelizmente é um medo meu, que eu posso controlar, mas as vezes (na maioria) deixo ele me dominar. Sou alta para os "padrões" e já sofri e sofro com isso, muitas vezes me limito a fazer coisas que gostaria de fazer porque tenho medo dos olhares das outras pessoas, do que irão falar, se irão ou não rir de mim. Muitas vezes deixei e deixo de ir em certos lugares que eu gostaria de estar só por medo. Juro para você que tento e vou tentar ainda superar esses medos. Quero ser feliz e sorrir sem medo e preciso superar isso. Preciso ser maior do que alguns idiotas. É isso que repito para mim todos os dias. Espero estar indo pelo caminho certo!

    Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
  15. O medo realmente limita a gente de fazer muita coisa!
    Por causa do mesmo desistimos de vários sonhos.
    Adorei o texto =D

    Você escreve super bem...

    http://colecionadoresdelivross.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Maravilhosa a crônica, o medo é sempre um problema nas nossas vidas, acho que um dos problemas é que temos muito medo de errar, e não vemos o erro como um aprendizado, mas como algo ruim, porém não devia ser assim.
    O erro devia ser de fato um meio de nos proteger, e não nos fazer parar, mas como você falou nos devemos nos esforçar para enfrentar esse tipo de medo, e melhorar a cada dia.
    Bjs
    Amanda Nery
    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oi Fernanda,

    O medo realmente é um fator que nos faz perder muitas coisas e deixar de tentar algo.
    O importante é sempre trabalharmos para superá-lo.

    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Gostei da crônica Fernanda. Todo ser humano sente medo e a diferença é que alguns o sufocam e segue em frente e outros se encontram paralisado à mercê deste sentimento. Curti a abordagem e a explanação que você fez sobre o assunto. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  19. Oi, Nanda!
    Eu digo que sou uma pessoa muito medrosa, mas algumas vezes esse medo de motiva a conhecer algo novo.
    Infelizmente, hoje em dia se sobrepõe o medo da violência.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Literário de Carnaval
    Sorteio Três Anos de Historiar

    ResponderExcluir
  20. Que crônica linda, me vi em várias linhas descritas eu tenho muito medo de ser quem eu sou, medo do que vão ahcar e isso me faz ser uma pessoa mais reservada, mais na minha, eu acredito que tudo desenrola ou acontece no tempo ideal nem antes, nem depois mas no tempo certo.

    Bjs
    Vou estar acompanhando seu blog <3

    http://vestigioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Que crônica maravilhosa!!! Superar o nosso medo é muito importante: não há como viver feliz atrás de receios, temos que quebrar paradigmas e não estacionar diante de nossas dificuldades ;D

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com.br

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário!