Destaques

Newsletter

13 outubro 2017

Crônica: As Redes Sociais e seu Reflexo

Olá pessoal, o que vocês estão achando dos textos? Estão nos seguindo nas redes sociais? Ultimamente estou divulgando o nome do perfil do Instagram de cada um da equipe aqui do blog, todos nos seguindo né? Mas tem que seguir porque querem de verdade...

Mas e a rede social que fica mais pertinho de você? Você está nela porque quer ou porque você segue o caminho que as outras pessoas passam?
Não estão entendendo nada? Confiram o texto de hoje que vocês vão entender rapidinho.

Sugestões de temas para os próximos textos, deixam nos comentários.

Equipe aqui do blog no Instagram:
@nessaleitora
@cotonho72
@insta.nandarocha
****
As redes sociais e seu reflexo

Resultado de imagem para celular e notebook tumblr
Quando pensamos em redes sociais o que normalmente vem na nossa mente? Diga aí, o que você pensa? Talvez: Facebook, Instagram, Whatsap, Periscope, Snapchat? Mas se eu pedir para você pensar nas redes sociais que não dependem de computador ou celular, você saberá no que pensar?

Normalmente quando falamos nesse assunto vem na nossa mente só as que fazem gastarmos horas e horas com o celular na mão mas o que não percebemos é que também pode ser a turma da academia, da igreja, do trabalho. O principal ponto em comum portanto é a reunião de pessoas que, pelo menos deveriam, ter um objetivo em comum, valores em comum. Mas nem sempre isso acontece.

Muitas pessoas entram em algumas redes sociais por influência de outras pessoas, por influência da modinha do momento, para mostrar para os outros uma imagem que gostaria que fosse real, claro que existe também o grupo que as redes sociais se tornam um reflexo de quem elas são e de quais valores possuem mas, na grande maioria, acredito que não há essa análise. 

Nós deveríamos escolher redes sociais que nos trouxesse algo de positivo, algo que nos agregasse valor, que tivesse aquela pessoa (ou aquelasss pessoasss) que nos inspiram de alguma forma, deveríamos escolher redes sociais que tenham como premissa passar motivação, valores bons, que nos auxiliasse a amadurecer como pessoas, que tivessem indivíduos que, mesmo que indiretamente, ajudassem a evoluir. Poderia ser mesmo um grupo de pessoas que contam piada por exemplo, desde que essas piadas nos fizessem sentir mais motivados para enfrentar uma semana cheia de desafios. 
Imagem relacionada
Tenho uma opinião talvez um pouco diferente da maioria, para mim redes sociais não poderiam incentivar violência, pensamentos violentos, nem o compartilhamento de notícias ruins. Não quero viver numa bolha não, mas atraímos a energia com a qual estamos ligados e se estamos conectados com redes sociais que só falam coisas ruins e que não agregam nada, o que receberemos em troca? Mas se ao contrário, nos conectarmos com pessoas de astral bom, que lutam, que batalham por seus sonhos, que passam mensagens positivas, qual a energia estará ao nosso redor?

Coisas ruins acontecem todos os dias e não é porque eu não mergulho nelas que vou virar uma lunática, sei a situação real do mundo mas não quero ficar o dia todo compartilhando imagens chocantes de acontecimentos terríveis, não quero dormir com a imagem na mente da foto do assassinato do fulano de tal, não quero ficar analisando se é verdade a notícia bombástica que meus colegas de trabalho comentaram, energia ruim puxa mais energia ruim e isso vira um ciclo sem saída, paralisa as pessoas. Porém, energias boas trarão pensamentos mais claros, trarão soluções, ideias criativas para ajudarmos aquelas famílias que tiveram suas casas destruídas pelo temporal por exemplo. Energias boas chamam energias boas e estas chamam clareza mental que chamam soluções que chamam atitudes. 

Estamos acostumados a aceitar tudo e todos sem questionar, se entramos numa academia de dança por exemplo, mesmo se não gostamos da turma, ficamos (talvez mais quietos, mas estamos lá), se temos um grupo de amigos que saí todo fim de semana para beber e vamos com eles mais porque são...amigos (mesmo que a gente não curta a mesma bebida deles), mas eles são amigos nossos...como vamos nos afastar? Exemplos tem inúmeros, cada um de vocês pode pensar numa situação que vocês não estavam se sentindo bem e que ficaram. 
Resultado de imagem para rede social
Há também o grupo de pessoas que anda com conhecidos porque eles são os que chamam atenção nos lugares ou porque eles tem certa influência em determinada área, ou porque todo mundo acha eles legais, mas caso esse grupinho de pessoas parasse e analisasse seus próprios valores, verificariam que o que acreditam nada tem a ver com os valores de vida daqueles conhecidos que eles passam grudados.


Tem uma frase famosa que diz: "Somos o que pensamos", não acredito tanto nela não pois há pessoas que pensam algo e agem de outra forma pois querem ser outra pessoa, talvez por vergonha de si mesmas ou porque não querem fazer esforço para mudar. "Somos o que fazemos, somos o reflexo de nossas ações, somos nossas escolhas", nisso sim acredito, e as escolhas incluem as redes sociais nas quais estamos inseridos, incluem as pessoas que convivemos, incluem as atividades que fazemos. 

Finalizo esse texto com a sugestão que hoje vocês analisem as redes sociais de vocês, todas elas incluindo as virtuais e as "ao vivo e pessoalmente", hehehehe. Pensem em cada uma delas em separado e reflita se elas refletem o que vocês são de verdade. Independente do jeito que vocês são, elas estão mostrando a sua verdade? Vocês estão sendo coerentes com os propósitos de cada grupo social que fazem parte? 

Escolham melhor, tenham atitude, sejam verdadeiros, estejam rodeados de pessoas que inspirem vocês.









Comentários via Facebook

29 comentários:

  1. Texto maravilhoso.
    Ótima musica.
    Beijos.
    http://vinteedoisdemaio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Gabriele. Poderia nos contar quais são as redes sociais em que mais está presente? Gostaria de conhecer melhor você..

      Excluir
  2. Oiii Fernanda

    Somos o que pensamos quando somos autênticos, sem medo de defender o que acreditamos. Mas cada vez a maioria das pessoas se sente obrigada à segiuir o "padrão" vigente o que muitas vezes significa calar o próprio pensamento e seguir a correnteza. Isso se nota com maior força nas redes sociais, onde parece que todo mundo é meio parecido à todo mundo.

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, parece que as redes sociais, virtuais ou não, são meios para que as pessoas sigam um padrão e quando um padrão é desviado, todos acham...loucura talvez?

      Excluir
  3. Oi Fe e Nessa, achei o texto ótimo, é uma boa reflexão. Eu tenho redes sociais só para divulgar as coisas do blog, não gosto de me expor e também não fico fazendo futrico por lá. Mas sei que tem gente que usa por motivos errados, e acho isso uma pena.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ju,
      Boa maneira de usar as redes sociais virtuais. E as outras redes sociais? Como costuma lidar com elas?

      Excluir
  4. Oi Nanda, tudo bem? Muita gente reclama das redes sociais, mas ue gosto, acho que nos últimos anos aprendi a ficar distante de quem me faz mal, usar o block quando deve sempre e ficar com a parte boa que é manter o contato com gente que eu gosto <3 ótimo texto como sempre.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mi,
      O pessoal anda reclamando bastante das redes sociais virtuais né? Mas o problema é que quando falamos em redes sociais ninguém analisa direito e já pensa em internet sendo que existem outras como citei no texto. Redes sociais vão além do virtual e também falei isso no texto..

      Excluir
    2. Isso mesmo Nanda, super concordo com vc!

      Excluir
  5. Gostei da crônica Fernanda. As redes sociais tem a sua importância, mas presenciar catástrofes, tragédias e centenas de posts de violência gratuita acabam com o nosso coração e acabam, infelizmente, atraindo mais coisas negativas. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Vanessa e não só as virtuais né? As redes sociais de "carne e osso" também, infelizmente, ajudam a espalhar esse tipo de informação de tragédias. Como disse no texto, precisamos saber lidar com as redes sociais virtuais e também as não virtuais (que existem muitas mas parece que ninguém nota elas).

      Excluir
  6. Oi, Nessa. Tudo bem, lindona?
    Costumo dizer que as pessoal finalmente encontraram os locais "certos" para espalharem superficialidades. Depois das redes sociais qualquer pessoa é modelo, é garoto ou garota propaganda, etc. Depois das redes sociais as pessoas não vivem para si, mas para mostrar aos outros muitas vezes aquilo que não tem - sendo uma pessoa que não é.

    Mas acho que existe sim um bom plano para os criadores das redes sociais, acredito que eles criam ais redes com o intuito de aproximar mesmo pessoas. No entanto, para que funcione bem, é preciso que as pessoas se eduquem mais antes e adquiram bom senso, pois senão irá acontecer justamente o que já acontece: videos violentos, racistas, preconceituosos, discussões nada saudáveis e lutas pela maior popularidade.

    Xoxo, Di.
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    PS: Minhas redes sociais favoritas são: Twitter (@dynhofran/ @vidaeletras) e Instagram (@dynhofran e @vidaeletras)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Diego,
      penso como você, acredito sim que os criadores das redes sociais fizeram com o intuito de aproximar as pessoas mas estas não colaboram né? Isso faz eu pensar que não adianta a pessoa ter os meios ideais para conquistar o que quer se não usar de forma adequada.
      Na boa, acho que muitas pessoas nem querem usar de forma certa, devem ser felizes não pensando e seguindo cegamente os outros.

      Vou te seguir no Instagram já que o Twitter nem uso.

      Excluir
  7. Oi, Fernanda. Acho que o livro Minha vida não tão perfeita da Sophie Kinsella mostra exatamente isso que você quer dizer. O fato de existirem redes sociais faz com que as pessoas fingem ser o que não são, mostram uma vida diferente daquelas que eles dizem ter e isso tem se tornado um vício. Conheço uma pessoa que postas fotos de outras pessoas como se fossem ele. É super estranho!
    Beijos
    http://www.leitoraencantada.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As pessoas usam as redes sociais para mostrarem o que desejam ser e não o que são, devem ser pessoas tristes por terem vergonha ou desmotivação de mostrarem quem realmente são.

      Excluir
  8. Olá,
    Fernanda.
    As redes sociais que participo reflete bem o que gosto hehe. Se olhar meu instagram e facebook só vai ver coisas sobre livros, gatos hehe. Acho que o povo já está até enjoado de ver isso hehe. Eu já fui dessas que faz o que não gosta apenas para estar dentro de um grupo, mas com a idade eu vi que não era o que eu gostava e se para ser amiga daquelas pessoas eu precisava fazer o que não gostava preferi cortar a amizade.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito eu nas redes sociais também, hehehehe, no meu Instagram é livros, vídeos meus e meu cachorro, hehehehe. Sou assim, quem gosta também que siga mas não venha seguindo só para eu seguir de volta...essa tática não me pega não.

      Excluir
  9. Oi Fernanda,
    No momento, eu uso as redes sociais como fonte de notícias e novidades do meio literário. Costumo publicar muito pouco da minha vida social ou opiniões, até porque tudo gera polêmica e fofocas. E até isso já gerou confusão, porque minha família (principalmente) acham que gasto tempo demais com livros (insira aqui um emoticon de olhinhos revirando, rs).
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, eu também publico muito sobre livros e ainda bem que minha família não me segue, hehehehehe.
      Evito falar da minha vida pessoal, quando falo são sobre fatos que podem incentivar os outros, exemplo, atividade física. Mas seleciono bem o que divulgo.

      Excluir
  10. Oi, Nanda!
    Mais um texto maravilhoso!
    Eu uso as redes sociais há muito tempo. Hoje em dia eu evito demais entrar em discussões bestas e quando alguém posta algo que me ofende de alguma forma, eu simplesmente bloqueio. Fim de festa pra ele.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Discutir com pessoas com energia ruim é perda de tempo, melhor mesmo é bloquear. Te apoio Luiza.

      Excluir
  11. Olá,
    Ótimo texto. De uns tempos pra cá ando reduzindo minha estadia nas redes, muita coisa desnecessária e muita energia ruim. Tempo atrás reduzi algumas e fiquei com as que me oferecem bons momentos.

    tenha uma ótima semana
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nana, eu estou fazendo o mesmo, reduzindo meu tempo nas redes sociais. Na verdade defini horários do dia para acessar, isso faz render muito meu dia e eu olho várias postagens novas ao mesmo tempo e não de uma em uma.

      Excluir
  12. Oi Fernanda, como vai?
    Gostei do seu texto, muito bom para reflexão. Eu uso muitas redes sociais virtuais, mas em sua maioria para uso do blog. Não gosto muito de expor a mim e minha vida. Quanto as redes sociais reais, estas eu administro muito bem. Só mantenho amizade e intimidade com quem eu gosto e com que agrega coisas boas para a minha vida. Bom final de semana.
    Bjus
    Doces Letras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poucas pessoas citaram nos comentários as redes sociais reais, poucas como você pensam que elas também existem e merecem cuidados.

      Excluir
  13. Oi
    confesso que as vezes as redes sociais me deixam para baixo, principalmente o facebook, pessoas compartilhando inverdades, brigando, isso me incomoda, mas as vezes são pessoas da familia e seu eu excluir vão reclamar.
    Mas por outro lado gosto de manter porque converso com alguns blogueiros, autores, pessoas distantes.
    Muito bom o texto.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe como resolvi esse problema Denise? Eu fiz pastas no meus favoritos (aqui no navegador) e salvei os perfis e páginas do Facebook que quero acessar e que me agregam algo bom, quando quero ver, abro diretamente essas páginas, o resto nem olho.

      Excluir
  14. Olá, Fer! Mais um texto bastante reflexivo e que edifica o leitor. Parabéns! Pensando em meus grupos sociais (redes sociais da internet e redes sociais reais), vejo que elas refletem o que eu sou de verdade. Um dos melhores grupos de rede social real que eu tive na vida foi o grupo de Reiki das sextas-feiras. Lá havia um grupo de pessoas que se encontrava com um propósito em comum: a prática do amor e da evolução espiritual. Nem sempre encontramos grupos que tenham a ver conosco. Por essa razão, sempre preferi ser solitária ou andar acompanhada de um único amigo ou poucos amigos. Nunca fui de andar com turminha para querer me inserir na popularidade social hehehe. Lembro de passar os intervalos da escola solitária e escrevendo poesias no pátio. Há uma frase da minha avó que eu acho fantástica: "antes só do que mal acompanhado". Nunca tive ansiedade para fazer amigos e confesso que aprecio a solidão. Nos círculos sociais, busco ser simpática, mas não me abro para ninguém. Gosto de ser misteriosa hehehe. Por incrível que pareça, são as pessoas misteriosas, autoconfiantes e autênticas as que mais chamam a atenção. É inútil querer copiar os outros para ser aceito. É justamente o jeito diferente que faz sucesso. Ah, também sou impressionada com notícias ruins. Detesto ver imagens de tragédias e violência. Sinceramente, não sei como gostava de Direito Penal e Criminologia na Faculdade, pois eu sempre fechei os olhos diante de notícias de crimes na TV. Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também nunca fui popular, sempre fui a mais tímida, mais quieta. Hoje vejo que os colegas de escola que eram mais sociais, que eram os mais populares na escola hoje estão ou parados na vida ou em empregos que nem sempre sonharam. Os mais esquisitos e mais tímidos estão alcançando voos altos...estão mais longe do que imaginamos.

      Excluir

Não esqueça de deixar seu comentário!

Instagram

© Diário de Incentivo à Leitura – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in