Destaques

Newsletter

06 outubro 2017

Crônica: Cuide de Sua Máquina

Olá pessoal, como estão? Tranquilos, nervosos, com sono? Como estão os sentimentos de vocês? E o corpo físico? E o tanque de combustível de vocês? 

Hã? Do que estou falando? Pois leiam o texto, confiram, comentem, deixem sugestões e compartilhem.

Não esquecendo de, quem quiser, nos acompanhem no Instagram:
@nessaleitora
@cotonho72
@insta.nandarocha
Agora, cliquem no play e boa leitura.

******
Cuide de sua máquina
Resultado de imagem para primavera tumblr
Bolo de chocolate, churrasco, brigadeiro, pipoca, lasanha, panquecas, sushi, pizza, cachorro quente, strognoff, xis (o gaúcho claro, hehehe), batata frita, biscoito recheado, cucas, pães... Comer faz bem e quem não tem seu ponto fraco né? Mas será que precisamos comer tantoooooooooooo?

Brasileiro gosta de comer muito e a variedade de regiões com culturas diferentes do nosso país é gigante, portanto, culinária diversificada. Opções não faltam, ainda mais quando o frio vem (quem é da região sul sabe que, inverno na área é temporada aberta para comer muiitooooooooo). Mas será que um dia conseguiremos comer com equilíbrio?

Um exemplo: café colonial (tradição aqui no sul principalmente na região da serra), são tantasssssss as opções, são tantos os tipos de sucos, cafés, pães, cucas, folhados, bolos.... que haja estômago para dar conta de tudo. Muitos de nós, diante de um café colonial, acaba comendo mais do que o corpo necessita e por fim fica pesado, passando mal literalmente. Por que isso acontece? Porque o corpo dá o aviso simmmm que está satisfeito mas acabamos comendo por gula mesmo. E que benefício isso nos traz? Uma satisfação momentânea que no mesmo dia passa? E de quebra traz um mal estar que só com chá para passar? 
Resultado de imagem para primavera tumblr
Claro que ter um dia na semana para se aventurar no que mais gostamos faz bem sim, fazer disso um hábito é o problema. O corpo da gente é uma máquina tão perfeita que não precisamos nos preocupar de "fazer estoque" na pança, o próprio organismo avisa quando ele está satisfeito, quando não precisamos mais nos preocupar com o nosso combustível e por que mesmo assim não respeitamos esse aviso? Depois não adianta reclamar que está acima do peso, ou que está passando mal. Aliás, alguém já parou para pensar que os alimentos podem interferir no nosso humor?

Não, não sou estudiosa do assunto não mas isso é algo notável. Pessoas com alimentação mais natural, mais leve, são pessoas mais calmas, mais equilibradas. Já as pessoas que comem demais parecem ser mais ansiosas, mais nervosas. Apenas observe e tire suas conclusões. 

Porém nem todo mundo nasceu sabendo e hoje, eu, você não ter uma boa alimentação não é errado. Nossa cultura nos condicionou a um comportamento, digamos, alimentício, que de início não tínhamos escolha. Mas o tempo passou e hoje você, eu, somos pessoas que podemos escolher que linha de alimentação seguir. Eu Fernanda, por exemplo, sou gaúcha, moro aqui no RS onde a tradição do churrasco é tão grande como do chimarrão e do xis, mas eu nunca fui fã de carne, mesmo assim eu comia um pouco porque todo mundo come ao meu redor. Mas nesse ano de 2017 eu refleti sobre isso e decidi tirar da minha alimentação a carne vermelha, além dela não me fazer bem de verdade, eu nunca fui fã de verdade. Tirei e pronto, hoje como  (de carnes) apenas frango e peixe e que o mundo ao meu redor entenda. Além disso eu fiz diversas outras escolhas novas, mas estou implementando aos poucos, devagar mudo minha alimentação e de verdade, sinto minha energia mudar. 
Imagem relacionada
Meu corpo, seu corpo é nossa maior riqueza, somos possuidores de uma máquina perfeita que funciona décadas e que ainda nos avisa quando algo está errado ou quando o "tanque de combustível" está cheio, uma máquina que raramente (e não é em todas as pessoas) precisa de ajustes. Essa máquina se chama corpo humano. Vamos cuidar dessa máquina com carinho, vamos escolher como vamos alimentá-la, vamos observar com calma, as mudanças de sentimentos quando nos alimentamos com cada tipo de alimento.

Se ame, cuide de sua máquina, cuide de seus sentimentos. Alimentação, bem estar, sentimentos está tudo interligado. Experimente cuidar de si. 



Comentários via Facebook

30 comentários:

  1. Oi, Nanda!
    Primeiramente, amei a música que você selecionou.
    Realmente a alimentação influencia muito no corpo. Eu, por exemplo, depois que parei de comer no restaurante da universidade, nunca mais tive problemas de estômago.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe das promoções em andamento e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe Luiza, eu escutei recentemente em um vídeo a frase: Somos o que nos alimentamos, e concordo com isso. Só quem muda a alimentação para algo saudável sabe que o corpo reage, fala conosco agradecendo.

      Excluir
  2. Olá, Fernanda.
    Infelizmente esse é um assunto que só vamos parar e observar quando o corpo já está sofrendo. Eu comia de tudo o que via pela frente. Estava acima do peso e então me deu pedra na vesícula. Foi só então que revi minha alimentação. Hoje faz mais de dois anos que não como carnes nem gorduras. E no fim do mês vou passar pela cirurgia. Só espero conseguir manter isso depois da cirurgia hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai sim Sil, e pelo tempo que demorei para responder você já deve ter feito a cirurgia, nos conte depois como foi. Dará tudo certo sim.

      Excluir
  3. Nervosa e com sono, sim! Exatamente essas duas coisas hahaha e cansada também. O tanque tá bem vazio. Aaaai meu deus, quanta coisa gostosa você falou no começo do texto! Quero tudo! Hahahah não, com certeza não precisamos de nada disso. Mas sabe o que acontece? As vezes a comida é a nossa única felicidade no dia. Pode soar estranho, dramático ou exagerado, mas em algumas circunstâncias essa é a realidade. Esperamos ansiosos pela hora em que enfim sentiremos aquela satisfação boa em estar comendo algo gostoso. O momento em que enfim vc fica em paz. Parece besta, mas é verdade. To tendo que me vigiar porque abusei muito desde que mudei de cidade e passei a morar sozinha, e eu comia por ansiedade. Hoje ainda sinto muita vontade de comer, mas penso por esse lado de que não é saudável e de que eu não preciso daquilo naquele momento. Passo desejo e tentação, mas é pelo meu próprio bem. E tudo o que você falou é verdade. O nosso corpo é a nossa máquina mais preciosa. Precisamos valorizá-la e cuidar dela da forma certa.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol você disse algo que acontece com muitas pessoas: a comida ser a única felicidade do dia. Nesse caso o problema está além da comida, está no íntimo de cada um e o valor que está dando a tudo o que acontece ao redor. Precisamos nesses casos rever o que fazemos de nossas vidas, precisamos rever valores, precisamos muitas vezes mudar radicalmente. Muito interessante seu comentário. É aprendizado puro conhecermos as histórias de cada um de vocês, nossos leitores.

      Excluir
  4. Os cafés aqui da Serra Gaúcha é algo de outro mundo mesmo kkkk.. e as pizzarias também.. lá nos outros locais do país não tem tantos sabores assim não kkk... Comida é algo que me fez sofrer nos EUA.. só isso me fez voltar, porque aqui no sul a comida é muito boa kkk :) Mas com certeza a gente exagera de mais... em muitas coisas..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sul do Brasil é sinônimo de comida boa né? Haja auto controle para não exagerar principalmente quando está frio, hehehehhee

      Excluir
  5. Oi Nanda, tudo bem? Eu tenho muito problemas com isso pq eu amo comer e comer o que eu gosto, principalmente carne vermelha. Mas é sempre bom prestar atenção mesmo nos avisos do corpo e nos exageros.

    BJs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi, você falou em carne vermelha e eu pensando que parei de comer ela. Pretendo fazer em breve um vídeo no meu canal do Youtube falando sobre isso, se quiser conferir quando sair, me acompanhe no Instagram que aviso lá sempre quando tem vídeo novo.

      Excluir
  6. Ai como eu queria não ser fã de carne vermelha... eu até consigo ficar sem ela, mas não por muito tempo.

    Concordo super com teu texto Fernanda.

    Beijo.

    | O Blog Que Não é Blog |

    | Julinha e os Vídeos - Canal do Youtube |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisamos cuidar o que nosso corpo pede, acredito muito nisso. Eu parei com carne vermelha porque meu corpo começou a recusar ela. Nosso corpo nos dá os sinais, precisamos estar atentos a eles...

      Excluir
  7. Oi Fernanda,
    Nesse mundo corrido e prático, fica cada vez mais fácil descuidar da saúde.
    Precisamos de mais empenho para termos mais tempo (de vida).
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nosso maior patrimônio é nosso corpo, precisamos dar a atenção que ele merece e necessita. Gratidão por comentar Alessandra.

      Excluir
  8. Oi, Fernanda. Concordo com você que precisamos cuidar melhor do nosso corpo. São tantos alimentos ruins que ingerimos no dia a dia pelo simples fato de serem gostosos que esquecemos que eles futuramente nos farão muito mal. Mas mudar os hábitos alimentares de alguém é muito difícil, eu sempre tento mas me rendo facilmente a Coca Cola, mas ainda assim pretendo tentar.
    Beijos
    http://www.leitoraencantada.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisamos ter propósito, precisamos querer de verdade...ai sim teremos um porquê de nos esforçar..

      Excluir
  9. Oi Fernanda,

    Ótima reflexão. Realmente temos que cuidar bem da nossa máquina. E o pior é que todos sabemos os alimentos que fazem mal, né? Claro que tbm não podemos cair no outro extremo e se negar comer uma ou outra "bobagem" de vez em quando. Enfim, como tudo na vida, na alimentação tbm precisamos de equilibrio.

    Abraço,
    Alê

    Não deixe de participar da promoção de 6 anos do Alem da Contracapa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Equilíbrio, palavra perfeita. Ótimo comentário Alê. Vou visitar seu blog sim.

      Excluir
  10. OI, Nessa! =)
    Essa foi muito pra mim, rs.

    Houve um tempo em que eu não comia quase nada, era beeeeem magro. HOje em dia como demais, uma gula desnecessárias, às vezes. Tenho sentido que preciso mesmo educar minha alimentação porque como você disse, e eu concordo, o corpo avisa. Tudo tem que ser balanceado nessa vida.

    Bjão.
    Diego, Blog Vida & Letras.
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diego, aqui é a Fê quem escreve, hehehehe.
      Os novos hábitos devem ser inseridos com calma, um de cada vez. Eu mesma quero compartilhar por vídeo as mudanças, uma pequena de cada vez... aí dá certo. Calma, paciência e persistência... com elas conseguimos ser mais saudáveis.

      Excluir
  11. Como você falou, comer para ser realmente cultural da nossa sociedade. E infelizmente, acabamos não nos preocupando com a saúde do corpo que nos proporciona a uma vida boa, o que pode acabar nos fazendo sofrer no passado.
    Seu texto é uma ótima reflexão sobre isso, e um grande aviso para realmente nos cuidarmos.

    Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falarmos sobre acontecimentos que deixamos passar por nossos olhos é importante, precisamos refletir sobre o que está automático.

      Excluir
  12. Olá Fernanda,

    A gente só para prestar atenção quando já estamos sentindo as consequências dos problemas no nosso corpo. Hoje mudei minha alimentação devido a problemas que tive e vivo mais feliz.
    Bjs e um bom Domingo!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mudanças...estamos muito acomodados, precisamos efetuar mais mudanças. Bju grande

      Excluir
  13. Oi Fernanda, amei o modo como você abordou esse assunto. Infelizmente as pessoas só percebem que algo está errado quando o corpo acusa. Esquecem que nosso corpo precisa de cuidados diários, ele é tudo que temos. ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disse bem Kaila, ele é tudo o que temos. Mas uma pena que poucos valorizam. Bju com carinho

      Excluir
  14. Oie Fernanda =)

    Sou vegetariana há 14 anos e por isso busco comer o mais saudável possível. Porém, sempre que saia com as minhas amigas eu dava aquela extrapolada comia muita gordura e acaba ficando com aquela sensação de inchada.

    Com isso comecei a adotar o hábito de ao invés de lanche, almoçar mesmo e evitar frituras e coisas com muita gordura. Afinal se a gente não cuida de nossa máquina uma hora ela pifa e quem sofre somos nós mesmos.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como é interessante a forma como o corpo reage...quando mudamos alguns hábitos e ...um dia qualquer, ingerimos o que comíamos antes, como o corpo reage mal... significa que ele já acostumou com o saudável... tudo é um processo que exige paciência mas que vale muito a pena.

      Excluir
  15. Gente, essa música é tudoooooo. Eu amo!!! Vc me fez lembrar do meu avô nessa postagem. Ele sempre dizia que o corpo humano é uma máquina hehehe. E é mesmo! A máquina mais complexa que existe. Hábitos alimentares tem tudo a ver com o humor sim. O corpo e a mente estão entrelaçados como aprendemos no Budismo. Vc falou que quem tem má alimentação é mais ansioso, mas será que a má alimentação causa ansiedade ou a ansiedade leva a pessoa a comer mal? Precisamos cuidar do físico e psicológico, tudo junto, pois transtornos psicológicos geram transtornos alimentares e vice-versa. Eu, qdo estou triste, não consigo comer. Mas tem gente que desconta na comida o sentimento de melancolia. Sabe-se que a alimentação balanceada cura o estresse e alivia a TPM. Mas estresse e TPM são fatores que levam a pessoa a comer bobagens, como chocolate hehehe. Um problema tá entrelaçado no outro. Considero minha alimentação saudável, mas tenho consciência de que eu deveria comer mais frutas e verduras... Abandonei o refrigerante, por exemplo, e noto o meu corpo mais saudável e bonito. Também tirei o açúcar e tomo suco natural puro mesmo. Pequenos hábitos que fazem um bem enorme. Parabéns pela sua evolução alimentar. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha nossa, nós e as coincidências (>> Ele sempre dizia que o corpo humano é uma máquina hehehe. <<).
      Eu também, quando não estou bem não consigo comer, e quando estou feliz quero comer e isso se torna algo tão agradável.
      Eu também estou mudando meus hábitos devagar...mas você verá nos vídeos. Como sempre, seus comentários são meus preferidos!!

      Excluir

Não esqueça de deixar seu comentário!

Instagram

© Diário de Incentivo à Leitura – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in