Destaques

Newsletter

19 janeiro 2018

Crônica: O oposto do protagonista

Olá leitores e amigos!! Como estão todos? Curtindo as férias ou não? Postando tudooo sobre as viagens, sobre o que estão fazendo nesse verão (verão tenso, pelo menos aqui no RS)?
Aliás: vocês possuem Instagram, canal no Youtube? Como vocês lidam com o querer seguidores? Hoje trago um bate papo sobre dois lados desse mundo virtual. 

Não esqueçam claro, de seguir a equipe aqui do blog no Instagram: @nessaleitora @cotonho72
@insta.nandarocha

E de clicar no play (quem estiver em local que seja possível ouvir uma musiquinha claro, hehehe).

****
O oposto do protagonista

Imagem relacionada
Ser protagonista no sentido de ser uma pessoa pública, principalmente hoje em dia e na internet é bom demais. Ter um blog bombando, um canal no Youtube cheio de inscritos, ter o Instagram sendo seguido por diversas pessoas com certeza é animador. Quem não gosta de receber carinho das outras pessoas, de saber que há fãs pelo mundo afora que gostam do seu trabalho mesmo que ele não seja tão gigante quanto de artistas milionárias, ser reconhecido, receber inúmeras mensagens... é bom sim. 

Mas essas pessoas possuem também desafios como: ter criatividade de sempre ter ideias novas para gravar vídeos para o Youtube, gravar esses vídeos e editar, programar as datas de ir ao ar, se tiver blog...programar o conteúdo dele, responder comentários, fazer parcerias, dar conta dos contratos de parceria, ver o que as pessoas que se interessam por sua vida querem saber e selecionar o que vai divulgar a elas ou não, postar seu dia a dia no Instagram (nem sempre é fácil registrar tudo), fazer vlogs. E detalhe, esses desafios podem vir com um detalhe: quando a conta bancária começar a crescer com tudo isso...todo esse conjunto de coisas é um mundo atrativo sim.

Mas hoje venho provocar a reflexão do outro mundo oposto a este: os dos mais discretos, dos nem tão atarefados com vídeos para Youtube, com postagens no Instagram. São pessoas que com certeza analisam mais. Sobra tempo que pode ser convertido em outras inúmeras tarefas e estas nem sempre precisam ser feitas correndo devido ao vídeo que precisa ser editado e ido ao ar até o outro dia.
Imagem relacionada
Ser protagonista nem sempre é bom pois eles nem sempre tem tempo de observar o mundo e aprender. Quem observa em silêncio pode aprender mais, aprender coisas que só são notadas por pessoas que conseguem estar do outro lado da loucura frenética de ser o centro das atenções.

Um protagonista quando viaja, muitas vezes faz com o notebook no colo pois tem que editar vídeos, tem que responder comentários, tem que responder o e-mail da nova parceria ... o oposto do protagonista não precisa de nada disso, ele pode sim é aproveitar a viagem lendo um livro, vendo um filme, dormindo, conversando com alguém, escutando música e se for viagem de ônibus pode ainda observar os lugares lá fora, observar as cidades em que passam.

Um protagonista normalmente registra o que come, as atividades físicas, o que fez no dia... o oposto pode registrar algo somente quando quiser, pode se preocupar somente em fazer todas as atividades programadas para aquele dia. 

Um protagonista costuma estar com a aparência mais ou menos em ordem, afinal, a câmera do celular está sempre sendo requisitada seja para fotos ou vídeos ou stories no Instagram... o oposto muitas vezes deixa a câmera cansar de estar parada e pode ficar um dia inteiro em casa com os cabelos estilo "dedinho na tomada". 
Resultado de imagem para redes sociais
Um protagonista muitas vezes precisa fazer cursos para aprender o que o oposto aprende apenas observando. Um protagonista muitas vezes releva muito de sua vida e isso traz também energias ruins além das boas claro, o oposto pode fazer segredo de tudo e só divulgar se quiser pois não terá fãs solicitando saber mais dele.  

Essa reflexão eu tive em uma viagem de ônibus que fiz em Dezembro de 2017. Muitos podem detestar viagens de mais de 2 horas de bus mas eu amoooo. Para mim estar na estrada não é problema, não é cansativo por mais que a viagem dure umas 12 horas. Eu amo estar na estrada, sempre gostei...não me perguntem porquê. E nessa viagem eu refleti sobre tantas coisas e ao notar que eu não estava mexendo no celular, não estava com notebook (até porque este deixei em casa), quando vi que eu estava apenas observando a estrada...me veio esses pensamentos sobre o lado oposto do protagonista e em como é bom sim não ser o centro das atenções. 

Por isso pessoal chamo atenção sobre o idolatrar youtubers e blogueiras cheias de seguidores, sim esse mundo pode ser atrativo mas não ser o centro das atenções desse mundo também pode ser bom. Se você já tentou ter seu canal e blog bombando, para você que está afim de se tornar Youtuber ou blogueira porque acha lindoooooo: pensem bem, não é todo mundo que está disposto a abrir mão da privacidade, de trabalhar dia e noite e nunca ter descanso, até porque mesmo nas férias esse povo está gerando conteúdo. 

Não há nada de errado de ser apenas a seguidora / o seguidor, não há nada de errado em apenas ser mais alguém que comenta em todos os posts e videos dessa turma. O lado "de cá" também tem inúmeras vantagens, ser discreto também pode ser atrativo, não ser o centro das atenção também pode ser enriquecedor. Pensem nisso. 

Fernanda Rocha

Comentários via Facebook

22 comentários:

  1. Oi, Nessa!

    Adorei o texto! Eu também gosto muito de viajar e passar horas na estrada, só olhando pela janelinha e deixando o pensamento voar longe. E é verdade tudo o que você disse, nem sempre é bom ser o centro das atenções, temos que ser os protagonistas das nossas próprias vidas

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Encontrei uma pessoa que adora deixar a mente viajar quando estamos na estrada !!! Bom demais isso né? Gratidão por comentar!

      Excluir
  2. Oi!!! Realmente as pessoas pensam que ser famoso e esta em destaque é o melhor, mas nem sempre tudo que reluz é ouro. Ser o centro das atenções, tem suas obrigações e muitas das vezes é cansativo. Ser seguidor é bom demais também. Bjos ❤
    Click Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo, captou bem o que eu quis passar no texto!

      Excluir
  3. Oi Nanda! Excelente reflexão, eu acho que tudo depende de um bom equilíbrio, dá pra ser protagonista e ter seus momentos de descaso e privacidade, vejo alguns famosinhos fazendo isso de tempos em tempos, mas com certeza não deve ser nada fácil hehehehe

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, quem quer ser também pode com equilíbrio... existem várias formas de ser quem queremos. Adorei seu ponto de vista Mi!

      Excluir
  4. Poucas as pessoas observam o oposto à protagonista e isso é lamentável.
    Querem ser o centro da atenção e gostar do que está no centro, mas não é assim que deveria ser.

    Abraços,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem quer ser o protagonista tem que querer de alma mesmo e não por modinha. O que vejo é que muitas pessoas querem estar na moda do momento sem ao menos ter jeito para isso... querer caminhar pela mesma estrada dos outros sem se perguntar para si se é esse caminho mesmo que querem seguir.

      Excluir
  5. É muito bom administrar blog, lidar com o público compartilhando as experiências, mas é de grande responsabilidade. Gostei bastante do seu post!

    https://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para grandes poderes, grandes responsabilidades. Quanto mais tarefas pegamos, mais responsáveis devemos ser.

      Excluir
  6. Parabéns pelo texto, é maravilhoso!
    A musica é ótima.
    Beijos.
    https://vinteedoisdemaio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gabriele. Continuamos aguardando seus comentários com mais...palavras. Leia de verdade os próximos textos...vamos gostar de ler sua real opinião.

      Excluir
  7. Olá, Fernanda.
    Acho que tudo na vida depende do equilíbrio. Não é errado querer atenção, como também as vezes querer apenas observar de fora. Eu tenho um blog, mas não me sinto protagonista. Até porque sempre fui meio fechada e não gosto de ser o centro das atenções hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Sil, quis abordar esse tema mais pela parte de muitas pessoas acharem que ser famoso (na tv ou na internet) é a única maneira de ser feliz mas em muitos casos são pessoas que precisam resolver questões internas. Querer se destacar não é errado desde que seja de verdade a vontade da pessoa, mas precisamos ter cuidado para não usar uma possível carência afetiva para querer ficar famosa... pois a fama não resolve questões relacionadas a sentimentos, bem pelo contrário. Gratidão Sil por sua opinião. Gosto disso, pessoas refletindo, compartilhando o que pensam.

      Excluir
  8. Gostei da crônica Fernanda. Serve de alerta para a era em que vivemos, entremeada pelo boom da tecnologia. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, essa foi a intenção. Gratidão Vanessa.

      Excluir
  9. "Quem observa em silêncio pode aprender mais"
    Eu achei isso sensacional! Adorei seu ponto de vista e a forma simples em analisar esse mundo que está ganhando cada vez mais espaço na internet. Parabéns!
    Beijo grande,
    Café, Vodka e Literatura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amei seu comentário Julia. Bom demais saber que minhas simples palavras estão agradando a alguém. Faço com carinho os textos.

      Excluir
  10. Olá Fernanda,

    Hoje em dia as pessoas fazem muitas loucuras para quererem ser protagonistas e estar sempre em evidência, mas tem muita coisas na vida que não podemos deixar passar...ótimo texto...bjs.


    https://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem o caminho do equilíbrio, porque não usar né? E andar atrás de todo mundo nem sempre fará a pessoa feliz... o que todo mundo está fazendo nem sempre é a melhor opção. Gratidão pelo comentário!

      Excluir
  11. Olá, eu adorei o seu texto!! Amo ser contemplativa, observadora, silenciosa e discreta. Adoro guardar as minha vida e preservar a minha intimidade. Só compartilho nas redes sociais o que me dá vontade. Nunca tive vontade de ser famosa nas plataformas sociais e tb não ligo para o número de seguidores. Deixo privadas as minhas contas e só aceito quem eu confio. Por outro lado, adoro o mundo da comunicação tb, da fala, da escrita e da troca de conteúdo entre as pessoas. Apenas acrescentaria um detalhe -- somos todos Protagonistas. Somos todos protagonistas de nossa própria vida. Temos centenas de anjos nos observando lá do céu e batendo aplausos para os nossos acertos... Esses observadores invisíveis valem mais do que qualquer "fã". A necessidade de ser amado pode indicar carência. Não adianta nada ter 1.000.000 (um milhão) de seguidores e ninguém para abraçar antes de dormir. Quem tem carinho na vida real não busca na rede social. Acho doentia a necessidade de compartilhar tudo... cada passo, cada viagem, cada comida. Por incrível que pareça, me sinto mais iluminada e protagonista no Mistério. Sei que as pessoas misteriosas exalam luz e magnetismo. Meu lado leonino gosta de brilho, confesso hehehe, mas meu lado canceriano gosta de ficar na conchinha... Quem me conhece sabe hehehe. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é porque você é minha amiga mas seus comentários são os melhores. >> Não adianta nada ter 1.000.000 (um milhão) de seguidores e ninguém para abraçar antes de dormir. << Amei essa parte!!! E realmente, todos nós somos protagonistas sim. Você mais do que ninguém sabe pelas mudanças que estou passando, algo é bem semelhante ao que citou de si mesma, adoro comunicação, internet, redes sociais mas estou descobrindo um lado meu que ama discrição, ama não precisar contar para todo mundo o que estou fazendo por mim e talvez até pelos outros. Vamos amadurecendo, conhecendo mais o que nos faz bem e o que anda me fazendo bem é passar longe dos holofotes, hehehehehe. Somos felizes como somos, não precisamos de aplausos (mas elogios sempre fazem bem hehehehe).

      Excluir

Não esqueça de deixar seu comentário!

Instagram

© Diário de Incentivo à Leitura – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in