Destaques

Newsletter

27 abril 2018

Crônica: Vitimismo

Olá pessoal, hoje venho com um assunto muito mais presente no nosso dia a dia do que podemos imaginar: vitimismo. 
Você tem esse tipo de comportamento? Conhece alguém que tenha? Conte sua história para nós. Todos os comentários são respondidos. 

Não esqueçam de clicar no play no final do texto para conferir a música escolhida. 

*****

Vitimismo

Resultado de imagem para moça triste tumblr
Tenho a sensação de que virou moda reclamar, não sei se é somente eu que está sentindo isso ou muitas pessoas também sentem. É um reclama para cá, um reclama para lá que por mais que, muitos argumentos sejam válidos, chega uma hora que enche a paciência. Mas se analisarmos com mais cuidado, vamos ver que muitas reclamações são fruto do: bunda colada no sofá e da síndrome do rei sol.

Não estou fora da casinha achando que o mundo é cor de rosa, sei que o mundo está passando por centenas de problemas e nem vamos comentar nosso Brasil né...esse dá desespero só de começar a pensar na bagunça que está.  O que venho hoje aqui falar é de alguns "probleminhas" que não são probleminhas, não são problemas coisa nenhuma mas sim são consequências de quem se acha a única vítima do planeta. 

Há diversas complicações diárias que não são bem um problema, vou tentar citar alguns exemplos:

- uma pessoa que sempre reclama que está cansada, que passa com sono o dia inteiro: se analisarmos a vida dessa pessoa veremos que ela está dormindo tarde porque tem que ficar no Netflix até as 2 hrs da madruga sendo que tem que levantar cedo todo dia, não se alimenta bem, dorme pouco, não faz atividade física, está com colesterol alto, glicose idem.... Galerinha: isso é motivo real de reclamação? Por favor né....se tem que levantar cedo e o corpo pede tantas horas de sono, tchê: durma o que teu corpo está pedindo!!! Netflix estará lá no mesmo lugar no final de semana, mas o seu corpo não estará lá do mesmo jeito se levar uma vida assim. 

- alguém reclama que só leva bronca ou aquele olhar fuzilador da professora (seja escola ou faculdade), professores são tão ingratos.... : analisando muitos casos como esse veremos que a dita pessoa "reclamona" conversa sempre na sala de aula enquanto a professora está falando, ou (algo mais atual) passa no celular e nem percebe quando a professora lhe faz uma pergunta, chega atrasado quase sempre, mata os períodos após intervalo (vi isso acontecer muito na faculdade nos cursos noturnos), vai mal nas provas.... Caramba!! Com um aluno desse qual é o professor que leva a sério sua profissão que não vai se irritar? Essa criatura vai na aula para quê afinal?
Imagem relacionada
- fulana de tal choraaaaa, reclama, diz que o mundo é injusto porque nem chega final do mês e o salário total da família acaba. Beiiii aí a coisa fica séria, os salários estão cada vez menores e chefe nem querem saber se o funcionário tem dimdim para pagar as contas, o mundo é injusto mesmo... ou será que analisando a contabilidade dessa família não veremos compras parceladas a perder de vista no cartão de crédito e compras bem "úteis" como: o sapato lindo de morrer que será usado uma vez apenas, ou o celular de última geração sendo que o antigo estava funcionando perfeitamente, pagamentos de jantares em restaurantes naquela noite especial onde foi esquecida a renda real da família, o colégio particular do filho sendo que se pensasse com calma, veriam que não teriam condições de arcar com as mensalidades por muito tempo sem atrasar, a conta de luz alta devido aos 3 ar condicionados (um em cada quarto e um terceiro na sala) que ficam ligados sempre quando tem alguém em casa...até porque ventilador ligado é coisa de pobre.... Será que essa fulana de tal tem motivo de reclamar? Quem sabe ela faz um pente fino nas suas finanças primeiro antes de dizer que o mundo é injusto e o dimdim não dá para nada?

Citei alguns exemplos que, clarooo que há situações envolvendo eles que realmente são reais como a pessoa que procura cuidar da saúde sim e dorme o suficiente para descansar mas que mesmo assim descobre uma alteração no seu corpo que está provocando sono; ou o aluno que dá o azar de realmente ter aulas com alguém que , por um motivo particular, anda estressado e acaba descontando não só nele mas em outros alunos, como a pessoa que controla sim o seu orçamento mas que com as subidas de tudo não está conseguindo dar conta de pagar tudo em dia. Há casos reais sim, não dá para negar mas temos que admitir que se conseguíssemos analisar todas as reclamações de todas as pessoas do mundo, veríamos que ... sei lá... uns 60 % seriam apenas vitimismo.

As pessoas gostam de chamar atenção (não todas claro), gostam de se fazer de coitadinhas para ganhar carinho, companhia, afeto, serem paparicadas ou mesmo para justificar não fazer algo (não lavar a louça, não estudar, não trabalhar, não se esforçar). Precisamos ser mais sinceros com o que somos, e se somos quase que só defeitos...paciência, vamos admitir eles!! Não se sente feliz vendo que tem uma infinidade de defeitos? Assuma eles e comece e mudar. 

Se fazer de vítima é algo que com o tempo irrita e não resolve coisa nenhuma, ao contrário, esse vitimismo globalizado só tem aumentado os problemas do mundo. Por mais pessoas que agem, que se assumem do jeito que são, que deixam de ser vítimas para serem guerreiros. 


Fernanda Rocha


Comentários via Facebook

10 comentários:

  1. Pior é que você não está errada não. Hoje em dia parece que as pessoas acham fácil reclamar de tudo, ou acham que é o certo à fazer.. sei lá, mas virou modinha.. tudo é reclamação de todos os aspectos, sejam os grandes ou os pequenos.. As pessoas não veem que isso só as deixam pior, mais irritadas e infelizes...

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  2. Como tanto com sua reflexão, ninguém quer lutar, reclamar se tornou a melhor opção. Só que nela não alcançamos nada!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  3. Concordo contigo, algumas pessoas sabem dominar como ninguém a arte de se vitimizar e enquanto elas fazem isso elas deixam de lutar de verdade para mudar as coisas. Temos que parar com isso.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/2018/04/top-5-novidades-da-semana_27.html

    ResponderExcluir
  4. Olá, Fer! Parabéns pelo texto! Vejo seu amadurecimento emocional em cada texto seu. Eu acredito que vivemos numa era vitimista. Hoje em dia virou bonito ser triste, reclamar da vida. Antigamente, as pessoas eram mais fortes, porque não tinham tempo para reclamar... elas deveriam ser fortes e ponto final. Hoje em dia, a mídia parece que propaga o vitimismo e "passa a mão na cabeça" desse comportamento... As pessoas perderam a fé, a autoestima, a autoconfiança e preferem ser vítimas, porque dizer "nada funciona comigo" e cruzar os braços é mais cômodo do que arregaçar as mangas e ir à luta. Vejo que muito do vitimismo é falta de fé (minha opinião) e tb a indústria psiquiátrica que adora vender remédio para depressão e ansiedade (os desdobramentos do vitimismo). Não estou desmerecendo quem tem problemas na vida ou quem passa por transtornos psicológicos (todos nós temos problemas e eu tb já enfrentei desafios psicológicos como fobia). Mas está na hora de assumir a responsabilidade por nossas vidas. O vitimista é alguém que culpa o mundo, a sociedade, o país, a corrupção, os problemas financeiros e amorosos por não sair do lugar. O vencedor, no entanto, VENCE a DOR e arregaça as mangas para fazer do mundo um lugar melhor. Pequenas atitudes podem ser feitas para mudar o mundo... basta tirar o bumbum do sofá e ir à luta hehehe. Precisamos tb recuperar a autoestima. As pessoas acham que é feio ter autoestima, que é coisa de "metido" e que nunca acharão virtudes em si mesmas ou conseguirão se valorizar. Mas somente amando a si mesmo, venceremos o vitimismo, amaremos o próximo e serviremos a sociedade. A pergunta não é "O que vou ganhar isso" e sim "como eu posso servir". Se todo mundo descobrisse a própria luz e colocasse a mesma à serviço da sociedade ao invés de esperar que coisas boas aconteçam por fora, o mundo seria bem melhor. Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Nanda do céu, que eu não suporto uma pessoa que pratica o vitimismo. Sério... o ranço é eterno porque uma pessoa assim dificilmente muita. Porém tem o lado do vitimismo que você mesmo se aplica, principalmente na questão da autoestima.. Nesse caso, só a gente mesmo que pode dar um jeito.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  6. Oi Nanda, tudo bem? Geralmente eu concordo com vc, mas hoje eu concordo 100% com vc! Uma coisa irritante é vitimismo e geralmente está ligado a dissimulação e são coisas muito difíceis de desmascarar porque o povo morre de pena e adora uma vítima...

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Oi, Nanda. Tudo bom?
    O problema desse pessoal que reclama sem fundamento é que acaba atrapalhando quem precisa erguer a voz pra reclamar de problemas reais - e aí, pro mundo, tudo é vitimismo. Tem gente que, como diz o ditado, reclama de boca cheia, e isso apaga quem está precisando falar de sofrimento e de opressão, racismo, violência, sexismo, etc. porque quem julga costuma generalizar todo mundo nessas situações. A gente tem muito a melhorar como sociedade, tem muito a abrir os olhos para o que são problemas reais.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Vanessa, tudo bem?
    Detesto reclamações sem razão. As pessoas precisam saber o que vale o stress da reclamação ou não, pfvr.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    Tá rolando sorteio de Warcross, da Editora Rocco, no Instagram do blog. Participe! <3

    ResponderExcluir
  9. Oie,

    Conheço muitas pessoas assim, e é complicado de lidar as vezes.
    Acho que tenho que reclamar menos e fazer mais.
    Bjs e um bom Domingo!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  10. Olá, Fernanda.
    Infelizmente tem cada vez mais pessoas assim. Me dá até raiva quando vejo o exemplo 3 e aqui no meu serviço tem bastante. E você vai ver não é casada, não tem filho, o salário é só para coisas supérfluas e ainda assim não. E essa do povo que fica assistindo também aff.

    Prefácio

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário!

Instagram

© Diário de Incentivo à Leitura – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in