Destaques

Newsletter

04 maio 2018

Crônica: Ser Mãe...

Olá pessoal, novamente, eu, Fernanda, venho com mais um texto e aproveitando que esse é o mês das mães escrevo um texto sobre o que eu acho que é ser mãe. Não, eu não sou mãe mas tenho minhas opiniões sobre como deveriam ser as mães e como eu tentaria agir caso fosse uma.

No texto falo em: filho, pequeno, etc mas me refiro a filhAAAA e filhOOOOOO ok?

Espero que gostem. Escrevam nos comentários o que é ser mãe para vocês e não precisa ser só as mulheres a falar não, vocês homens podem dizer o que é ser uma mãe ideal, como vocês pensam e gostariam que as mães fossem.

Não esqueçam de clicar no play no final do texto.

*****

Ser Mãe...

Imagem relacionada
O que é ser mãe? 

Mãe é gerar um novo ser humano com cuidado, com amor, seguindo as recomendações médicas (e antes procurar um médico), ser mãe é aceitar gerar aquele ser mesmo que esteja com poucas semanas de gestação, aceitar...aceitar desde que souber da existência dessa nova vida. Ser mãe é mudar hábitos alimentares e de vida para que aquele serumaninho que está sendo gerado dentro de si possa receber só coisas boas. Mãe não é somente colocar no mundo um novo ser vivo, mas sim colocar no mundo com amor, querendo a felicidade daquele ser. 

Mas ser mãe vai além de gerar e parir...
Ser mãe é enfrentar o mundo para poder criar da melhor maneira aquele ser que agora depende dela. Ser mãe é separar os problemas da vida das necessidades do(a) filho (a), ser mãe é não descontar suas agonias e preocupações, é ter sabedoria de fazer o melhor que puder mesmo que esse melhor não seja muito. Ser mãe é aprender junto, é não se achar a dona da razão, é ensinar o que sabe e procurar entender o que ainda não sabe. 

Ser mãe é brincar junto, é entrar no mundo da fantasia e ser o personagem que seu filho quiser, é pintar desenhos, é ouvir repetidas vezes as musiquinhas infantis e no fim...cantarolar junto até indo para o trabalho! Ser mãe é chegar em casa e mesmo que esteja desmaiando de cansada, dar atenção ao novo cidadão do mundo que agora só quer brincar e azar se a casa ficar bagunçada, azar que se sujarem, azar se for dormir tarde...desde que ambos durmam com sorriso no rosto. Ser mãe é virar criança novamente e não ter vergonha disso.

Imagem relacionada
Ser mãe é manter seu pequeno longe de aparelhos tecnológicos o máximo de tempo, de anos que puder, é definir intervalos de tempo para assistirem televisão e se possível estar junto ou próximo, é mostrar brincadeiras para serem feitas no parque, no pátio de casa ou na área de recreação do prédio, é ensinar a brincar com papel e caneta, é dar brinquedos interessantes que não tenham tecnologia instalada. Ser mãe é não beber e não fumar na frente da criança, é ser um exemplo para esse novo ser seguir (e não ditar algumas regras e fazer de modo diferente), é ensinar desde muitoooo cedo (bebezinhos) o quanto é bom usar as palavras: obrigada, com licença, bom dia, boa tarde, boa noite, é ensinar o respeito ao próximo. E quando não puder mais manter a tecnologia longe, estar sempre perto monitorando o que seu filho acessar e definir tempo diário para uso delas, é ter coragem de manter a palavra e mesmo ouvindo choros que doam a alma, não ceder no uso dos aparelhos eletrônicos.  

Ser mãe é apresentar para seu filho primeiro as frutas e legumes e láaaa adiante aos doces e guloseimas. É ensinar seu pequeno a gostar primeiro do que é saudável, e deixar para ele, quando for um pouco maior, experimentar o que não for saudável. É ensinar que a água é a melhor bebida do mundo! É apresentar os serviços da casa e mesmo com seu pequeno sendo pequeno, hehehhee, fazer questão da ajuda dele para passar uma vassourinha no chão (com aquelas mini vassouras do tamanho deles), para arrumar sua própria cama (e mesmo que a cama fique toda repuxada elogie e ache lindo...motive nas pequenas tarefas), é aos poucos mostrar que ajudar nos serviços da casa pode ser divertido sim, coloque uma música legal (mesmo sendo infantil), coloque todos da casa para fazer algo, conte seu dia, ria, brinque, ensine que cuidar do lar é algo agradável sim. 

Ser mãe é mostrar o caminho do bem, do respeito, do amor mas saber aceitar as decisões do seu pequeno que começa a crescer. É não querer isolar seu filho do mundo mas sim mostrar e explicar os perigos que lá residem, é não impedir que ele faça suas próprias escolhas, é mostrar que estará sempre ao seu lado sem sufocar, é mostrar que a companheira de brincadeiras de infância agora virou psicóloga e que estará sempre com horário disponível para o que precisar. É dar ao mundo um novo soldado sem pedir ele de volta.

Ser mãe é agradecer diariamente por ter gerado esse novo ser e tido condições corporais para manter esse novo ser humano seguro dentro de si (ou agradecer por escolher acolher o ser de outra pessoa por meio da adoção). Ser mãe é amar sem limites, , ser mãe é divino.


Fernanda Rocha

Comentários via Facebook

26 comentários:

  1. Que texto mais lindo, eu amei muito :D

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que maravilhoso, eu consegui me emocionar em cada linha. Definitivamente, foi o texto mais lindo que tu já escreveu aqui.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com/2018/05/top-5-novidades-da-semana.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei muito feliz com seu comentário. Gratidão imensa.

      Excluir
  3. Lindo texto. Eu também não sou mãe ainda, mas vejo tantas mães que acham que é só ter um filho e alimentá-lo que já estão criando o filho. Com certeza existe muito mais que isso.. ser mãe é ser por inteiro..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  4. Que coisa linda! Meu sonho ser mãe, ainda tá cedo, mas quando a hora chegar será lindo demais! Bjs

    www.mayaravieira.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo comentário Mayara. Gratidão por comentar.

      Excluir
  5. Olá, Fernanda.
    Eu amei o seu texto. É exatamente assim que vejo a minha mãe porque ela é isso tudo o que você falou. Fiquei até com lagrimas nos olhos agora. Eu não sou mãe, mas acredito que ser mãe é você se doar a vida toda para outra pessoa ser feliz.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sil, você tem uma mãe rara então, parabéns por isso. E lindo ver que tu nota tudo isso nela e valoriza. Gratidão Sil.

      Excluir
  6. Oi, Nanda!
    Menina, posso dizer que você está pronta para ser mãe porque seu texto foi muito lindo; é como se você fosse mãe de verdade. Tenho certeza que seus futuros filhos serão maravilhosos.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Lu, você me deixou sem jeito agora, hehehehe. Não sei se serei mãe porque está tão difícil encontrar o futuro pai dos meus filhos, hehehehe. Talvez eu seja uma tia solteira que vai incentivar mulheres que serão mães a serem as melhores pessoas para seus filhos.

      Excluir
  7. Olá!

    Ser mãe é lindo e nem precisa ser ou gerar um bebê para saber disso. A energia e sensação de amor é tão contagiante que, embora não saibamos de fato como é, conseguimos sentir. É muito lindo seu texto e bem romântico também. Porque embora queiramos que tudo isso aconteça nem sempre acontece. Infelizmente. Porque ser mãe não é fácil e nem sempre dá para manter também esse ritmo feliz e dedicado. A gente sempre olha as coisas lindas, mas também toda mulher sabe dos problemas e dos momentos desesperadores que é ser mãe né?

    Então, baseado nisso que eu disse, misturado ao seu texto, diria que ser mãe, para mim, é estar disposta a viver e encarar todas as adversidades que surgirão no meio do caminho para dar amor e educação ao filho que será o homem ou a mulher de amanhã. E que essa mãe seja justa para que ele seja justo também no futuro.

    - Bjux,
    Diego || Blog Vida & Letras ♥
    www.vidaeletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeita colocação Diego, até porque é nesses momentos nem tão românticos que filho e mãe crescem como seres humanos. Toda mãe não é perfeita mas aprende um bocadinho mais em cada momento complicado. Tudo é aprendizado.

      Excluir
  8. Olá, Fer! Adorei o seu texto! Arrasou nesse texto, hein?! Falou mais alto o teu ascendente em câncer, o signo maternal do zodíaco hehehe. Ser mãe é respeitar a vida gerada dentro de nós, ensinar o filho a explorar o mundo, mostrar as belezas da natureza ao filho, ensinar a ser um bom ser humano e um bom cidadão. Muitos acham que ser mãe é um sacrifício e outros acham que é sagrado. Eu acredito que seja um sagrado ofício, o que não deixa de ser um sacrifício hehehe. Mas um sacrifício que vale a pena. Dizem que é o Amor maior do mundo. O amor é incondicional. A maternidade é um mistério de Deus. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é amiga, tenho esses sentimentos dentro de mim... não sei se terei oportunidade de expressá-los um dia no papel de mãe. Mas cada um tem um caminho a seguir, e seja qual for o meu, tentarei fazer o meu melhor.

      Excluir
  9. Oi Fernanda, tudo bem?
    Muito bonito o seu texto! =)
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  10. Oi, Nessa!

    Que lindo o texto! Através dele já dá pra ver que você será uma ótima mãe hahaha adorei tudo o que você escreveu e me lembrei muito da minha mãe, que sempre foi a melhor das melhores <3

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carol, não sei se serei mãe, pelo andar da carruagem acho que ficará para uma próxima vida, hehehehehe. Mas fico feliz de coração pelas palavras, me deixaram com sorriso no rosto. Gratidão.

      Excluir
  11. Olá Fernanda, tudo bem?

    Como sempre arrasando com os seus belos textos, ser ser pai é incrível imagina ser mãe, parabéns a todas as mães. ótima trilha sonora....bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marco!! Só não escrevo um texto sobre ser pai pois nem imagino como é, hehehehe. Mas você sei que é um excelente pai. Tem uma família linda.

      Excluir
  12. Oie Fernanda =)

    Que texto lindo!
    Confesso que a maternidade é algo que me assusta um pouco. Tenho medo de não conseguir se uma boa mãe para o meu filho (a) quando chegar a hora.
    Mas sei que deve ser uma sensação incrível, sentir um amor tão grande por uma pessoa, como é o amor de mãe por seu filho.

    Beijos e uma ótima semana;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Ariane, a sensação deve ser única no mundo, e quem é mãe biológica mais ainda pois sente crescer um ser humano dentro de si. É algo surreal, mágico. Gratidão pelo comentário e volte sempre.

      Excluir
  13. Oi Fernanda, tudo bem?

    Adorei o texto. Mas ser mãe depende muito do momento em que você tem um filho e que ele seja planejado ou não. Antes de ser mãe eu não queria ser, porque simplesmente não tinha paciência com crianças, elas me irritavam. Mas Deus me deu minha filha e com a maternidade, aprendi ter a paciência, que achei que fosse ser impossível ter. As vezes acho que vou enlouquecer e outras vezes acho que vou morrer de tanto rir, meu ser Humano é o melhor ser que eu pude ter e ela vai fazer 15 anos e bate aquela saudade de quando era bebê. Eu acredito que existe mães e mães e quando imaginamos como seríamos e gostaríamos de ser quando formos mães, é bem diferente do que quando somos. Um xero!

    https://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo depoimento Diana. Ser mãe por mais palavras sejam ditas, nada se compara a sensação real de ser. Gratidão pela linda contribuição.

      Excluir

Não esqueça de deixar seu comentário!

Instagram

© Diário de Incentivo à Leitura – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in