Destaques

Newsletter

25 novembro 2019

Resenha: Livre Para Recomeçar - Paola Aleksandra

Oi meus amores, hoje vou comentar sobre a leitura do livro "Livre para recomeçar"da autora Paola Aleksandra, publicado pela Essência.

Vocês já estão cansados de saber que eu adoro romance de época, mas é a primeira vez que leio um livro que tem como pano de fundo a história do Brasil no século XIX.

Fiquei encantada com o enredo construído pela Paola e todos os elementos que ela trouxe presente daquela época. É uma história leve e gostosa de se ler e quanto mais vamos lendo, mais dá vontade de ler. Aqui encontramos cultura, arte, agricultura, romance, música, documentos históricos e um contexto histórico maravilhoso. Dá para perceber todo o empenho e estudo que a autora fez para escrever este livro.

O livro conta a história de Anastácia, uma mulher que não sabe mais o que é ser livre. Seu marido é um homem odioso, que lhe trata muito mal, não só em palavras, mas seu corpo é  todo cheio de marcas. Até que numa festa Anastácia se rebela contra o marido ao descobrir o que ele pretende fazer ao se mudarem da França para o Brasil. Ela é dada como louca e por conta disso é internada em um hospício no Rio de Janeiro.

Benício é filho de um dos maiores cafeicultores do Brasil, o Barão de Magé, mas ele carrega uma marca por ser um bastardo. Junto com seu irmão Samuel eles comandam uma empreiteira e é através de um novo trabalho que ele irá conhecer Anastácia.

Optei por falar pouco sobre o enredo para não perder a graça, então vou comentar sobre alguns aspectos que eu adorei na história.

O que mais me chamou atenção em Anastácia foi sua força e coragem, levando em consideração a época em que ela vivia, onde as mulheres não tinham voz. Além disso, ela desafia à todos com suas vestes, ela não quer usar vestidos e deixa todos espantados ao usar calças.

O interessante que os protagonistas não me conquistaram tanto quanto os personagens secundários. Samuel, irmão de Benício, é negro e advogado. Um rapaz muito inteligente, organizado e trabalha junto com o irmão. Ele acaba se envolvendo com  Avril, a cunhada de Anastácia que é uma noviça há muito tempo. Ela demora para perceber isso e o mais engraçado é que eu me vi torcendo para que ela largasse a batina e ficasse com Samuel.

O que eu mais gostei no livro de forma geral foi do enredo histórico. Acredito que todos temos uma base de como era o Brasil em 1880, mas aqui a Pah foi bem pontual nas características, trazendo elementos importantes daquele tempo, como a cultura, os parques no Rio de Janeiro, a questão do trabalho escravo, o fator de quando as mulheres começaram a usar calças, entre outros aspectos. Achei genial que a Pah inseriu na história a presença de Dom Pedro II e a Princesa Isabel  que assinou a Lei do Ventre Livre e a Lei Áurea.

Por fim, quero parabenizar a Pah pelo livro, para quem acompanha o trabalho dela é nítido todo o crescimento que ela teve como escritora. Li o primeiro livro dela que foi o "Volte para mim", muito bom também e indico, mas "Livre para recomeçar" é lindo e o que me conquistou foi o pano de fundo histórico do Brasil

08 novembro 2019

Resenha: O que terá acontecido a Baby Jane?


Oi pessoal, tudo bem com vocês? Hoje vou comentar sobre a leitura do livro "O que terá acontecido a Baby Jane?" do autor Henry Farrell publicado pela Darkside.


Minha curiosidade por este livro começou pela capa, achei diferente, pensei até que fosse uma história de terror. Fui surpreendida por um enredo de  Thriller Psicológico.

O livro foi lançado originalmente em 1960 por Henry Farrell e seu sucesso se deu pela adaptação para o cinema em 1962. Sendo considerado uma história de terror gótico e psicológico.

O livro conta a história de duas irmãs que fizeram grande sucesso. Baby Jane era o nome artístico de Jane na infância, era chamada de menina prodígio. Ela que sustentava a família com suas apresentações de dança e canto. Enquanto isso Blanche, a irmã mais nova, vivia nas sombras da irmã mais velha. No entanto, Blanche torna-se uma atriz muito famosa de Hollywood e Jane cresce e acaba perdendo sua fama.

As duas irmãs envolvem-se em um acidente e Blanche acaba ficando de cadeiras de rodas. Jane é obrigada a cuidar da irmã, mas sempre carrega consigo o ciúmes da irmã que sempre foi muito elogiada na TV por ser uma bela atriz.

Esse é o enredo central da história, mas o que está por vir é o psicológico de Jane que aos 60 anos ainda quer se parecer com aquela menina que um dia foi. Blanche por ser cadeirante depende muito da irmã que por vezes começa se mostrar um tanto cruel.

O problema começa quando Blanche resolve vender a casa que ela e sua irmã Jane moram. Jane não aceita esta decisão e começa a fazer muitas maldades com Blanche. Chega um momento que eu fico realmente me perguntando se ela terá coragem de matar a própria irmã. O enredo é curioso e instigante e nos faz ler até as últimas páginas.

A história nos mostra os dois lados, o que Jane sente e o porque dela fazer tais crueldades com a irmã, e o que Blanche sente, todo o medo e pavor. É agoniante acompanhar tanta crueldade e Blanche
uma mulher que depende da irmã e que não consegue fugir ou pedir ajuda por não conseguir caminhar.

Mas a cereja do bolo está no final do livro, no seu desfecho. Se ficaram curiosos para saber como tudo acabará, leiam o livro. Para quem gosta do gênero com certeza irá gostar.👻

03 novembro 2019

65ª Feira do Livro de Porto Alegre

Oi pessoal, tudo bem com vocês? Dia 1 de novembro começou a 65ª Feira do Livro de Porto Alegre e vai até o dia 17 de novembro. É um evento que ocorre todo ano com oficinas gratuitas, sessões de autógrafos, contações de histórias para os pequenos e claro muitos livros

Já é praticamente uma tradição a autora Martha Medeiros autografar na feira do livro e eu como boa fã todo ano participo. Para quem não sabe a Martha Medeiros escreve livros de crônicas e eu adoro me encontrar com ela.
E outra tradição é meu encontro anual com minha amiga Andréia na Feira livro especialmente para autografarmos nossos livros e claro para pôr a conversa em dia. Fiz amizade com a Andréia há 9 anos, quado fizemos o curso Técnico em Biblioteconomia. E desde lá temos a tradição de nos encontrar na feira.

A Feira do Livro sempre foi o evento que eu mais gosto de participar, mas infelizmente com os preços que os livros estão, hoje em dia não se encontra mais promoções como antigamente. O desconto é tão pequeno que prefiro comprar pela internet e lembrando que estamos no mês da Black Friday. Por conta disso, não comprei nenhum livro, somente olhei os estandes e aproveitei a tarde.
Aproveito para convidar à todos para participar do 4º Encontro de Influenciadores Literários que será no dia 16/11/2019 no espaço Arena Inovação. Este ano o evento contará com convidados especiais: Paola Aleksandra, Luisa Geisler e Mayra Sigwalt. O evento é organizado pelos blogs Estante Diagonal e Resenhando Sonhos
A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, texto
Para saber mais sobre a Feira do Livro acesse o site AQUI.

Instagram

© Diário de Incentivo à Leitura – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in