Destaques

Newsletter

30 janeiro 2020

Resenha: O Café da Praia - Lucy Diamond 🍵

Oi pessoal, tudo bem? Hoje vou falar sobre o livro "O café da Praia" da autora Lucy Diamond publicado pela editora Arqueiro🍵

Estava em busca de uma leitura leve, de um romance gostoso para ler e resolvi escolher um livro deste no selo da editora Arqueiro que é Romances de Hoje. Já adianto que eu amei e já quero ler outros livros deste selo.

Evie sempre foi considerada a ovelha negra da família pelo seu modo de ser e se comportar. Suas irmãs gêmeas Louise e Ruth, mais velhas do que ela sempre foram o centro da atenções, bem sucedidas e de vida exemplar. Já Evie não tinha um trabalho estável, estava sempre em empregos temporários e em um relacionamento de 5 anos que já não era lá essas coisas.

Tudo muda quando a tia de Evie vem a falecer e lhe deixa em testamento um Café na baía da Cornualha. De imediato a família acha que Evie deve vender o Café, afinal ela não seria capaz de administrá-lo segundo o julgamento deles e de seu namorado Matthew. Evie se vê dividida entre ficar em Oxford, pois tem sua vida ali e ou ir para Cornualha e tocar o negócio da sua tia, afinal será difícil ela ter as duas vidas. Ela terá que fazer uma escola.

Então ela decide visitar o Café e ver como as coisas estão indo por lá. Ao chegar percebe que o local está desleixado, bem como os funcionários não são dos melhores, sem contar que os estoques de mantimentos estão vazios. Mas o pior é a recepção que ela tem dos moradores do local, além de ser maltratada todos pensam que ela vai vender o café e por conta disso não é bem recebida.

Depois de algumas idas e vindas na Cornualha Evie acaba decidindo continuar o negócio de sua tia, mas muitas dificuldades surgirão. Ela vai ter que aprender a cozinhar, administrar um negócio, contratar funcionários e ainda por cima lidar com sua família que acredita que ela não será capaz de levantar o Café. Além disso, Evie vai conhecer um chef de cozinha um tanto misterioso, o Ed, que faz de tudo para não falar sobre si, mas como ela precisa muito da ajuda dele acaba deixando isso de lado. E claro que este é um possível romance.

Este foi o primeiro livro que li da autora Lucy Diamond e já sai catando na internet outros livros dela. Ela tem uma escrita muito boa, envolvente e um enredo gostoso de ler. Aqui nesta história temos de tudo um pouco, superação, crescimento do personagem, mistério, romance e um pano de fundo muito gostoso que é a praia, café e muitos quitutes gostosos.🍩🧁

Os personagens são encantadores. Evie é uma garota de 32 anos que mesmo vendo que ninguém vê potencial nela, ela não se intimida e se lança no novo. Além disso ela não desiste e não deixa que os outros a impeçam de fazer o que tem vontade. Também gostei muito de seus funcionários, a Phoebe, Rachel, Annie e Ed que é o colírio dos olhos de Evie. O grande mistério da trama é quem é de fato Ed e quando tudo vem à tona o mundo de Evie desmorona.

O livro é muito bom, a história parece aqueles filmes de romance da sessão da tarde, o tipo de história que te conquista logo no início. Para quem gosta de um bom romance eu indico.

🍵 🍵 🍵 🍵 🍵

27 janeiro 2020

Resenha: História de um Grande Amor - Julia Quinn

Oi pessoal, tudo bem com vocês? Hoje vou comentar sobre o novo livro da autora Julia Quinn publicado pela Editora Arqueiro "História de um grande amor", primeiro livro da trilogia Bevelstoke.

Acho que aqui todo mundo já está cansado de saber que eu adoro os livros da Julia Quinn, e vai até parecer que estou me repetindo, mas não tem como minha gente, eu ameiii este livro e já vou explicar o porquê.

O enredo deste livro foi diferente dos outros da autora, de início parecia ser aquele clichê que conhecemos dos romances de época, mas aqui foi diferente. Não vou poder falar muito se não vou acabar dando spoiler, mas vale muito a leitura.

Miranda Cheever sempre teve características muito peculiares e diferentes dos padrões de beleza. Seus cabelos e olhos castanhos sempre deram o que falar, tanto que todos a sua volta comentavam sobre isso. O tempo passou, ela cresceu e já estava chegando a hora dela ir para Londres para sua temporada, hora de arranjar um marido para casar-se.

Com a morte de sua mãe, e sem dote ela acaba indo ficar na casa dos Bevelstoke, Olivia e seu irmão gêmeo Winston sempre foram seus amigos desde a infância, brincavam juntos. Olívia é a melhor amiga de Miranda e vai fazer de tudo para ajudá-la nos bailes em Londres. Mas o pior é quando Olívia resolve dar uma de casamenteira e tem a brilhante ideia de unir seu irmão Winston com Miranda, o problema é que Miranda já tem seu coração preenchido a bastante tempo.

Turner é o irmão mais velho dos gêmeos, ao se tornar viúvo decidiu que nunca mais se casaria e isso não porque sua mulher morreu, mas porque seu casamento foi uma tortura, Letícia sua mulher o traiu e ainda por cima engravidou. Para ele foi um alívio sua morte, agora tudo que ele quer é continuar a vida e quem sabe ter uma amante. Mas seus planos vão por água abaixo quando ele reencontra Miranda, agora com quase 20 anos e muito bonita.

Quando Miranda tinha 10 anos teve uma a paixonite por Turner, e na época ele já tinha 19 anos. O tempo passou, mas sempre que ela o via seu coração disparava. Agora adulta ao reencontrá-lo e ver no que ele se tornou, um homem amargurado, ela quer salvá-lo e lhe mostrar que ainda é possível amar. Para Turner, Miranda ainda é uma pirralha e será difícil ele perceber que ela já é uma mulher. Mas quando ele percebe que sua irmã mais nova está querendo unir Miranda com Winston ele sente uma ponta de ciúme e a partir daí as coisas ficam bem complicadas. 

Mas não pensem que o enredo é só isso, a atração entre os dois é inevitável e Turner fará de tudo para resistir, afinal ele não quer arruinar a reputação de Miranda. Mas o pior está por vir e parece que o destino sempre acaba colocando os dois juntos em situações diversas e o inevitável acaba acontecendo, mas o problema é que nem um dos dois quer assumir e render-se, afinal são quase como irmãos e ninguém espera por isso e outra que Turner não quer mais envolvimento sério com mulher alguma.

Mais uma vez Julia Quinn nos apresenta um romance arrebatador de tirar o fôlego. O que mais gostei nesta história é que a autora mudou um pouco sua fórmula, além de acrescentar mais características da época, como por exemplo, ela fala de estabelecimentos para homens e mulheres, poder de escolha da mulher, a questão do casamento obrigatório, a gravidez antes do casamento, os bailes de debutantes, bem como as temporadas Londrinas e de como a mulher era obrigada a se apresentar na sociedade para arranjar um marido tendo isso como o futuro de sua vida.

Outro aspecto de que gostei é que Miranda gosta de ler, frequenta livrarias, e durante a história temos referência há alguns livros com a Morte de Arthur e Orgulho e Preconceito. Não tem como não amar

Gostei muito da forma que ela conduziu a história, os protagonistas principais me conquistaram de imediato. É o tipo de casal que você ama e odeia e no final torce por eles. A leitura é muito fluida, leve, gostosa de ler, um enredo encantador e envolvente. O desfecho foi surpreendente e o final me arrancou lágimas, foi emocionante.

História de um grande amor é o primeiro livro da Trilogia Bevelstoke, já estou ansiosa para ler os outros dois livros que assim como este tem as capas maravilhosas.



❤ ❤ ❤ ❤ 

23 janeiro 2020

Resenha: A Guardiã dos Segredos do Amor - Kate Morton

Oi meus amores, tudo bem? Hoje vou comentar sobre a leitura maravilhosa do livro "A guardiã dos segredos do amor" da autora Kate Morton publicado pela Rocco.

Este é o terceiro livro que leio da autora e mais uma vez ela me encantou. Estava na procura de mais livros da autora, mas encontrei somente este que foi publicado em 2012 pela Rocco. Os outros livros que li foram publicados pela editora Arqueiro que foram "O jardim esquecido" e "A casa do lago" que já tem resenha deles no blog.

Essa autora me encanta pelo seu diferencial na escrita. Sempre com enredos bem construídos, com personagens encantadores e histórias de família com segredos. A trama sempre bem costurada e é impossível largar o livro até acabar de ler. Eu amo os livros desta autora.

Laurel quando era criança presenciou sua mãe matando um homem no pátio de sua casa com a faca que eles costumavam cortar o bolo de aniversário. Ela estava na casa da árvore e acabou presenciando o terrível acontecimento. Laurel não entende o porque de sua mãe fazer aquilo e o com o passar do tempo ela vive com aquelas recordações horríveis, o que acaba contribuindo para que ela saia de casa aos 17 anos e ir para Londres estudar.

Laurel torna-se uma atriz muito famosa e seus irmãos cada um segue suas vida. Agora aos 50 e poucos anos a família se recontra, pois Dorothy a mãe deles está muito doente no hospital. Laurel ao visitar sua mãe no hospital encontra um livro antigo de sua mãe com uma dedicatória de Vivien e uma foto das duas junto. Laurel fica muito curiosa, porque sua mãe nunca falou sobre essa sua amiga? É aí que tudo começa.

Laurel nunca entendeu sua mãe, sua capacidade de matar um homem no jardim de casa e agora esse mistério todo. Ela resolve investigar e cavocar o passado dela. O quanto mais ela pesquisa, mais angustiada ela fica com as coisas que vai descobrindo sobre sua mãe. Ela chega a fazer perguntas para ela no leito de hospital e aos poucos ela revela partes de sua história, mas o restante fica por conta de Laurel que não sossega até descobrir todos os segredos dela. 

A história é dividida em flashbacks, capítulos que se passam em 1941 no período da guerra e 2011 em Londres quando acompanhamos a busca de Laurel pelos segredos. Os capítulos de 1941 acompanhamos a vida de Dorothy em paralelo com as coisas que Laurel vai descobrindo. É muito gostoso de acompanhar a trama e de ver como a Laurel vai ligando os fatos.

O livro contém 542 páginas, mas a escrita da Kate Morton é tão envolvente que não vemos a páginas andarem. O enredo é curioso, instigante, carregado de mistérios, problemas familiares e muitos segredos.

O que mais gosto nos livros da Kate Morton é o fato de ela nos apresentar uma história marcante, com personagens mais maduros e que ao longo da história conhecemos o seu passado e amadurecimento. Além disso, é o tipo de história que ao terminar de ler você ficará por muito tempo pensando sobre a trama e sentirá saudades.

O final do livro foi arrebatador, aquele tipo de final que nos deixa de "queixo caído", uma reviravolta que eu jamais imaginei, final perfeito. Só me resta dizer para que leiam, pois a história é INCRÍVEL.

❤ ❤ ❤ ❤ 

Instagram

© Diário de Incentivo à Leitura – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in